Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

DST’s - Doenças sexualmente transmissíveis

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
medicina
Faculdade
FASEP

Informações do trabalho

Bernardo P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo
Número de páginas
64 diapositivo
Nível
Para todos
Consultado
1564 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Treponema pallidum (Sífilis)
    1. Introdução
    2. Epidemiologia
    3. Manifestações Clínicas
    4. Diagnóstico diferencial
    5. Tratamento, prevenção e controle
  3. Calymmatobacterium granulomatis(Granuloma inguinal)
    1. Introdução
    2. Transmissão
    3. Manifestações clínicas
    4. Diagnóstico diferencial
    5. Tratamento
  4. Neisseria gonorrhoeae (Gonorréia)
    1. Introdução
    2. Fisiologia e estrutura
    3. Fatores de Virulência
    4. Patogenia e Imunidade
    5. Epidemiologia
    6. Manifestações Clínicas
  5. Infecção Gonocócica Disseminada
  6. Doença Inflamatória Pélvica (DIP, Salpingite)
  7. Chlamydia trachomati (Clamídias)
    1. Introdução
    2. Grupos de Indivíduos com alto risco de DSTs por clamídias
    3. Manifestações Clínicas
    4. Diagnóstico
    5. Tratamento
  8. Conclusão
  9. Bibliografia

Doenças Sexualmente Transmissíveis ou DSTs são patologias transmitidas, principalmente, pela via sexual (anal, vaginal e oral), por portador sintomático ou não. Podem ser causadas por vírus, bactérias ou fungos que não conseguem sobreviver muito tempo fora do organismo do hospedeiro. As mulheres são mais susceptíveis a infecção e desenvolvem complicações com maior freqüência do que os homens, sendo portanto a morbidade das DST maior nas mulheres.

[...] Grupos de Indivíduos com alto risco de DSTs por clamídias Indivíduos com outras DSTs Indivíduos com síndromes associadas a clamídia Parceiros sexuais de indivíduos com gonorréia Indivíduos mais jovens Indivíduos com múltiplos parceiros sexuais Recém-nascidos de mães infectadas Manifestações Clínicas Linfogranuloma Venéreo Cervicite e uretrite em mulheres Uretrite e Proctite em homens Salpingite Infecções perinatais Linfogranuloma Tracoma Diagnóstico Exames laboratoriais Coleta de amostras Cultura de células Detecção por imunofluorescência direta Ensaio imunoenzimático Sorologia Esfregaço de Papanicolau Sonda de ácido nucléico e testes de amplificação Tratamento As clamídias são sensíveis aos antibióticos: Tetraciclina Doxiciclina Eritromicina Conclusão A natureza epidêmica das doenças sexualmente transmitidas as torna de difícil controle! [...]


[...] Grupos de Indivíduos com alto risco de DSTs por clamídias Indivíduos com outras DSTs Indivíduos com síndromes associadas a clamídia Parceiros sexuais de indivíduos com gonorréia Indivíduos mais jovens Indivíduos com múltiplos parceiros sexuais Recém-nascidos de mães infectadas Manifestações Clínicas Linfogranuloma Venéreo Cervicite e uretrite em mulheres Uretrite e Proctite em homens Salpingite Infecções perinatais Linfogranuloma Tracoma Diagnóstico Exames laboratoriais Coleta de amostras Cultura de células Detecção por imunofluorescência direta Ensaio imunoenzimático Sorologia Esfregaço de Papanicolau Sonda de ácido nucléico e testes de amplificação Tratamento As clamídias são sensíveis aos antibióticos: Tetraciclina Doxiciclina Eritromicina Conclusão A natureza epidêmica das doenças sexualmente transmitidas as torna de difícil controle! [...]


[...] Foram relatados casos de lesões metastásicas ósseas, articulares eviscerais, com lesões uterianas ou cervicais associadas. Diagnóstico diferencial O único método diagnóstico conclusivo é a demonstração de ?corpúsculos de Donovan? em grandes células mononucleares em material de biópsia ou citologia da lesão. A amostra pode ser preparada com hematoxolina e eosina para visualização da inflamação e corantes especiais como Giemsa para identificação dos corpúsculos. Tratamento O tratamento de escolha é a tetraciclina, doxiciclina ou eritromicina, durante no mínino 2-3 semanas, até que as lesões tenham regredido totalmente. [...]

Estes documentos podem interessar a você

doenças sexualmente transmissíveis / DSTs

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Monografia   |  27/09/2006   |  BR   |   .doc   |   25 páginas

Doenças sexualmente transmissíveis : DST

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Monografia   |  09/10/2006   |  BR   |   .doc   |   51 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas