Ou baixar através de : Permuta

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
ITPAC

Informações do trabalho

Data de Publicação
09/02/2007
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
6 páginas
Nível
Especializado
Consultado
174 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário

Esclerose múltipla: diagnóstico precoce

  1. Resumo
  2. Introdução
  3. Desenvolvimento
  4. Conclusão
  5. Referências bibliográficas

A esclerose múltipla é uma doença do Sistema Nervoso Central, lentamente progressiva, que se caracteriza por placas disseminadas de desmielinização (perda da substância - mielina - que envolve os nervos) no encéfalo e medula espinhal, dando lugar a sintomas e sinais neurológicos sumamente variados e múltiplos, às vezes com remissões, outras com exacerbações.
Não existem causas conhecidas para a esclerose múltipla, entretanto estudam-se causas do tipo anomalias imunológicas, infecção produzida por um vírus latente ou lento e mielinólise por enzimas. Observações de casos familiares sugerem suscetibilidade genética e as mulheres são um pouco mais afetadas do que os homens. As manifestações surgem entre os 20 e os 40 anos de idade, sendo que essa enfermidade teria menor prevalência e incidência na América Latina, principalmente no Brasil, pois é mais comum em climas temperados do que em climas tropicais.
O diagnóstico precoce é baseado nos sinais e sintomas clínicos iniciais sugestivos de esclerose múltipla auxiliado por exames para-clínicos pertinentes, tais como ressonância magnética e análise do líquido céfalo-raquidiano, que poderão demonstrar a disseminação em tempo e espaço dessa doença. Além de o diagnóstico precoce ser de suma importância para o retardo da progressão da esclerose múltipla.
O tratamento deve ser contínuo e não intermitente, por se tratar de uma doença crônica degenerativa.

[...] Rio de Janeiro: Guanabara Koogan Cap p. 670- RUDICK, Richard A. Esclerose múltipla e patologias desmielinizantes do sistema nervoso central. IN: GOLDMAN, Lee; AUSIELLO, Dennis. Cecil, Tratado de Medicina Interna ed. V Rio de Janeiro: Elsevier Cap p. 2713- CALABRESI, Peter A. Diagnosis and management of multiple sclerosis. American Family Physician, Baltimore, v n p. 1935-1944, November NOSEWORTHY, John H. et al. Multiple Sclerosis. The New England Journal of Medicine, Rochester, v n p. [...]


[...] A partir dos valores preditivos positivos, especificidade e sensibilidade abordados, foi possível observar que a análise do LCR é importante para o auxílio da confirmação do diagnóstico precoce da EM. Porém o papel da RM é mais relevante, já que nos permite analisar a disseminação da doença em tempo e espaço. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 1. FROSH, Matthew P.; ANTONY, Douglas C.; GIROLAMI, Umberto de. O sistema nervoso central. IN: KUMAR, Vinay; ABBAS, Abul K.; FAUSTO, Nelson. Robbins & Cotran: Patologia ed. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

O paciente na UTI - aspectos psicológicos

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Monografia   |  12/01/2007   |  BR   |   .doc   |   63 páginas

Síndrome nefrótico

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo dirigido   |  06/08/2008   |  BR   |   .doc   |   20 páginas

Mais Vendidos medicina

Teníase e cisticercose

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  12/06/2007   |  BR   |   .ppt   |   54 páginas

Humanização na saúde: um enfoque no programa desenvolvido na secretaria municipal de saúde...

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Projeto   |  21/09/2006   |  BR   |   .doc   |   42 páginas
Compra e venda de trabalhos acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.