Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Estenose aórtica

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo
Número de páginas
38 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
167 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
2 Avaliaçao cliente
4
escrever um comentário
  1. Válvula Aórtica
  2. Definição
  3. Etiologia
    1. Válvula Bicúspide e outras Anormalidades Congênitas
    2. Estenose Na Válvula Tricúspide
    3. Doença Reumática
  4. Patofisiologia
  5. Sintomas
  6. Achados Físicos
  7. Eletrocardiograma
  8. Ecocardiograma
  9. Radiografia
  10. Cateterismo
  11. Tratamento
    1. Terapia Medicamentosa
    2. Cirurgia
    3. Valvoplastia Aórtica Percutânea com Balão
  12. Conclusões
  13. Bibliografia

Válvula situada na saída do VE que direciona seu fluxo para a artéria aorta. O fechamento de seus folhetos ocorre no final da contração do ventrículo esquerdo (sístole), e tem como objetivo evitar que o sangue ejetado para artéria aorta reflua para o VE. E dessa forma possibilita que o débito cardíaco seja o adequado às funções fisiológicas. Estreitamento do orifício da válvula aórtica, causado pela falência na sua abertura, impedindo que o sangue seja bombeado corretamente. A estenose faz com que o fluxo sanguíneo se torne turbulento em sua ejeção, ao invés de ser laminar como ocorre com uma válvula normal.

[...] Cateterismo Quando o ecocardiograma evidenciar estenose aórtica severa e o paciente apresentar 1 ou mais sintomas clássicos da doença, a substituição da válvula deve ser feita. Uma vez que a maioria dos pacientes com estenose áortica se encontram na faixa etária onde o risco de doença coronária é grande, o cateterismo cardíaco com intuito de realizar a arteriografia deve ser realizado antes da cirurgia. Cateterismo Quando o diagnóstico hemodinâmico é incerto, o cateterismo direito e esquerdo deve ser realizado para a obtenção precisa do gradiente de pressão valvular transaórtico e para determinar o débito cardíaco, que são usados para calcular a área valvular aórtica usando a fórmula de Gorlin: Tratamento Terapia Medicamentosa: A única terapia medicamentosa indicada na EA é a antibióticoprofilaxia para prevenir endocardite bacteriana. [...]


[...] A angina pode surgir como causa de: Desequilíbrio entre a demanda de oxigênio e sua oferta. Compressão das coronárias pelo ventrículo hipertrofiado. Coronariopatia concomitante. A síncope aos esforços surge como conseqüência de um débito cardíaco fixo que não aumenta com a necessidade perfusional: No esforço o sangue é desviado para os músculos, com o DC fixo a perfusão cerebral fica prejudicada levando o paciente à síncope. Sintomas Sintomas como fadiga intensa, fraqueza, cianose periférica, entre outras manifestações clínicas típicas de baixo débito, não aparecem cedo na evolução da doença. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Investigações paraclínicos preoperatótrios na doença aneurismática

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo dirigido   |  15/12/2008   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

Cardiopatia isquemica

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  24/07/2009   |  BR   |   .ppt   |   31 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas