Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Hemorragia digestiva

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
medicina
Faculdade
FASEP

Informações do trabalho

Bernardo P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo
Número de páginas
74 diapositivo
Nível
Para todos
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
1 Avaliaçao cliente
4
escrever um comentário
  1. Hemorragia digestiva
    1. HD Alta
    2. HD Baixa
    3. Sangramento Alto
    4. Sangramento Baixo
    5. Hematêmese
    6. Melena
    7. Enterorragia
  2. Etiologia HDA
    1. Principais causas de HDA
  3. Etiologia HDB
    1. Principais causas de HDB:
  4. Clínica
  5. Exames Complementares
  6. Manuseio Inicial
  7. Monitorização
  8. Quando Operar?
  9. Doença Diverticular
    1. Clínica
    2. Tratamento
  10. Ulcera péptica
    1. Fatores de risco
    2. Tratamento clínico
    3. Tratamento cirúrgico
  11. Hemorragia digestiva
  12. Bibliografia

HD Alta: lesão sangrante no segmento proximal do tubo digestivo, até o ângulo de Treitz HD Baixa: foco de sangramento entre o ângulo de Treitz e o ânus Sangramento Alto: melena, hematêmese ou enterorragia Sangramento Baixo: maioria das vezes por enterorragia Hematêmese Vômito com sangue vermelho vivo ou em ?borra-de-café?

[...] Angiodisplasia Tratamento Espectante Endoscópico Colectomia direita ou total Úlcera de Estresse Quase sempre fundo e corpo Menos freqüente: antro, esôfago e duodeno Úlcera de Estresse Fatores de risco Insuficiência respiratória - Coagulopatia -Trauma Grandes queimaduras - Hipotensão ou choque Lesão de SNC - Sepse - Grandes cirurgias Insuficiência hepática ou renal Risco de úlcera: 1fator=9% 2fatores=20% >2fatores=25% Úlcera de Estresse Tratamento clínico Antagonista H2 ou IBP + sucralfate Tratamento cirúrgico Gastrectomia total ou antrectomia com vagotomia troncular Úlcera Péptica 1500-3000/ 100.000 Hemorragia 15-20% Perfuração Estenose Úlcera Péptica 20.000 a 30.000 mortes /ano na Europa IBP + erradicação do H.pylori diminuíram a incidência de operação de emergência Úlcera Péptica Hemorragia Digestiva Alta (HDA)100/ úlcera péptica 3 a 100.000 operados por hemorragia 3 a 10/ 100.000 operados por perfuração 1 a 100.000 operados por estenose Úlcera Péptica Quem será operado? [...]


[...] o ângulo de Treitz e o ânus HEMORRAGIA DIGESTIVA Sangramento Alto: melena, hematêmese ou enterorragia Sangramento Baixo: maioria das vezes por enterorragia HEMORRAGIA DIGESTIVA Hematêmese Vômito com sangue vermelho vivo ou em ?borra-de-café? HEMORRAGIA DIGESTIVA Melena Fezes pretas (ou marrons), líquidas e de odor desagradável, característico, resultante da degradação do sangue - não confundir com fezes escuras por ingesta de ferro, bismuto ou beterraba HEMORRAGIA DIGESTIVA Enterorragia Eliminação de fezes com sangue (vermelho - não degradado), ou apenas sangue, via anal Etiologia HDA Principais causas de HDA: Úlcera péptica Úlcera de estresse Hipertensão portal: varizes esofagianas ou gastropatia hipertensiva Gastrite Erosiva: AAS, AINES, Álcool Esofagite Etiologia HDA Síndrome de Mallory-Weiss Fístula Aortodigestiva Malformações Vasculares Sangramento pelo canal de Wirsung (pancreatite grave) Tumor gástrico ulcerado Hemobilia Etiologia HDB Principais causas de HDB: Doença diverticular do cólon Angiodisplasia Divertículo de Meckel Pólipos de cólon ou reto Fístula aortoentérica Etiologia HDB Causa Indeterminada Doença inflamatória intestinal Colite infecciosa Isquemia mesentérica Patologia anorretal Clínica Palidez cutâneo-mucosa, lentidão do enchimento capilar Taquicardia Hipotensão ortostática Hipotensão supina Queda do nível de consciência Clínica Sangue oculto nas fezes: 15-20ml de sangue/dia Pacientes suspeitos de HD: queda dos níveis de Hb= ou > que 1g/24h ?Grandes volumes de sangue perdidos de forma crônica e lenta são melhor tolerados? Exames Complementares Avaliação laboratorial Anemia hipocrômica microcítica Macrocitose Deficit de folato ou vit.B12?uso abusivo de álcool, doença crônica de fígado ou anemia perniciosa, às vezes associada com Ca gástrico Exames Complementares Relação uréia:creatinina >30:1 é sugestiva de HDA (40:1 + ainda) Alteração das provas de coagulação associadas a doenças hematológicas ou hepáticas Exames Complementares Endoscopia Digestiva Identifica a causa Atividade do sangramento Avalia risco de ressangramento Procede a terapêutica definitiva ou não Exames Complementares Endoscopia Digestiva Sangramento ativo Não contra-indica realização Dificulta a técnica Diminui acurácia diagnóstica Exames Complementares Arteriografia Tronco celíaco, da mesentérica superior ou inferior - Diagnóstico ou terapêutica Indicação: colonoscopia é difícil de ser realizada - reto não está sangrando Condição: sangramento ativo de 0,5-1ml/min Controle: embolização ou infusão de vasopressina Exames Complementares Cintilografia com hemáceas marcadas por tecnécio Indicação: ídem arteriografia Condição: sangramento ativo de 0,1ml/min, localiza o foco de forma grosseira, definindo seu sítio localiza-se no cólon direito, esquerdo ou delgado Falso-negativo 40 a 50% Exames Complementares Enema baritado Diagnóstico de tumores, doença inflamatória intestinal e doença diverticular, com eventual ação terapêutica cessando o sangramento Exames Complementares RX simples de abdome Segmento intestinal dilatado, com pouca mobilidade e níveis hidroaéreos isquemia mesentérica? [...]

Estes documentos podem interessar a você

Hemorragia digestiva alta e baixa

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  13/04/2007   |  BR   |   .ppt   |   45 páginas

Síndrome hemorrágica digestiva

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  11/05/2007   |  BR   |   .doc   |   22 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas