Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Preparo cavitário

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
administração
Faculdade
FACECA/FADIVA

Informações do trabalho

José Antônio P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
24 páginas
Nível
Para todos
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Classificação das cavidades
  3. Classificações de black
  4. Classes I, II, III, IV e V
  5. Variações
  6. Princípios gerais do preparo cavitário
    1. Forma de Contorno
    2. Forma de Resistência
    3. Forma de Retenção
    4. Forma de Conveniência
    5. Remoção da dentina cariada remanescente
    6. Acabamento das paredes de esmalte
    7. Toalete da cavidade
  7. Resina
    1. Desgaste
    2. Biocompatibilidade
    3. Integridade Margina
  8. Amálgama
    1. Classificação
  9. Ionômero de vidro
    1. Vantagens
    2. Desvantagens
    3. Indicações
    4. Contra-indicações
    5. Tática operatória
  10. Selamento
    1. Indicações
    2. Contra-indicações
  11. Caso clínico
    1. Aplicabilidade Clínica
    2. Técnica de preparo
    3. Vantagens devido ao tipo de resina
    4. Vantagens devido ao tipo de preparo cavitário
    5. Desvantagem
    6. Conclusão
  12. Conclusão
  13. Referências bibliográficas

Este trabalho tem como objetivo falar sobre o preparo de cavidades relacionado com material restaurador.
Para isso, dividiremos este estudo em nove partes: na primeira parte, falaremos sobre a classificação das cavidades; na segunda parte falaremos sobre a classificação de Black; na terceira parte faremos uma distinção entre as classes das restaurações; na quarta parte apresentaremos os princípios gerais do preparo cavitário; na quinta parte, falaremos sobre a resina; na sexta parte, falaremos sobre o amálgama; na sétima parte, falaremos sobre o ionômero de vidro, na oitava parte, falaremos sobre selamento e na nona e última parte, apresentaremos um caso clínico.

[...] À medida que os cristais crescem, eles são empurrados uns contra os outros na presença de mercúrio líquido, esta colisão de cristais resulta numa expansão. As primeiras especificações da A. D. A estabeleciam que o amálgama deveria apresentar, no período inicial de 24 horas, um determinado grau de expansão, com o objetivo de compensar a contração e assim impedir a entrada de microorganismos ao redor da restauração e a conseqüente recidiva de cárie. Atualmente essa exigência foi desprezada, visto que a penetração de microorganismos na interface dente/restauração pode ser impedida através do uso de materiais seladores e pelos próprios produtos de corrosão formados. [...]


[...] - Isolamento absoluto : essencial - Pré cunhagem com cunha lubrificada: promove espaçamento para a fita matriz permitindo adequado contato proximal, além disso orienta no preparo da parede gengival . Em restaurações MOD, duas cunhas são colocadas durante o preparo. No momento da restauração só permanece a cunha e respectiva matriz da caixa que está sendo preenchida. - Preparo: deve ser o mais conservativo possível, limitando-se à remoção de cárie. Restaurações menores têm maior longevidade, devido ao menor desgaste . [...]


[...] Aplicabilidade Clínica: Lesão de cárie diagnosticada através do exame radiográfico, em um paciente jovem, na superfície mesial do dente 15, com superfície oclusal rígida, a necessidade de eleger a melhor forma de realizar o preparo cavitário. Em lesões como essa, existem várias opções para se realizar um preparo da cavidade. Preparos tais como: - preparo tipo túnel; - acesso direto e acesso vestíbulo-lingual (que preserva a crista marginal); - cavidade composta ou complexa, confeccionada à partir do preparo de microcavidade (que removem a crista marginal) Optamos pelo acesso vestíbulo lingual, pois a crista marginal é uma estrutura de reforço para a manutenção de resistência à fratura do dente e como sua preservação evita o excesso do material na superfície oclusal e também diminui o desafio para a longevidade da restauração. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas