Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Prevalência de entamoeba histolytica em comunidades rurais

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
administração
Faculdade
FACECA/FADIVA

Informações do trabalho

José Antônio P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
37 páginas
Nível
Para todos
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
    1. Considerações finais
    2. Classificação
    3. Biologia e o ciclo biológico
    4. Mecanismos de resposta imune
    5. Clínica
    6. Diagnóstico
    7. Diagnóstico diferencial
    8. Epidemiologia
    9. Justificativa
  2. Objetivos
    1. Geral
    2. Específicos
  3. Casuística e método
    1. Casuística
    2. Método
    3. Avaliação estatística
  4. Resultados
  5. Discussão
  6. Conclusão
  7. Referências

Perkins (1988) define a saúde como ?um estado de relativo equilíbrio de forma e função do organismo, que resulta de seu ajustamento dinâmico satisfatório às forças que tendem a perturbá-lo?. Este equilíbrio é determinado pela natureza e características dos agentes biológicos, nutrientes, químicos, físicos e mecânicos, em relação ao homem e ao meio ambiente.
Segundo Cimerman & Cimerman (2001), a parte da Biologia Geral que estuda as relações dos seres vivos entre si e deles com o meio ambiente denomina-se Ecologia (do grego OIKOS = casa, habitação; logos = estudo, descrição). Estas relações podem ser harmônicas, como o inquilinismo, o comensalismo, o mutualismo e a simbiose; ou desarmônicas, como o parasitismo e o predatismo. Para um agente ser classificado como parasito é mister que ele se nutra dos tecidos e do meio interno de um hospedeiro, provocando dano, crescendo e se multiplicando nesse organismo.
O Brasil, por ser um país em desenvolvimento, possui contrastes sócio-econômicos, precárias condições sanitárias e um grande número de indivíduos com desnutrição, fatores que favorecem o desenvolvimento de doenças parasitárias. As parasitoses intestinais representam um grande problema médico-sanitário à sociedade em geral, em decorrência das inter-relações entre o agente etiológico da doença, o hospedeiro e fatores sanitários que contribuem para a disseminação da doença (REY, 2001).
A amebíase é uma infecção de ampla distribuição geográfica, que atinge cerca de 10% da população mundial. A taxa anual de mortalidade em nível mundial é de 40 a 110 mil pessoas, constituindo um sério problema de saúde pública, principalmente nas áreas endêmicas (CARVALHO et al., 1994; GOMES et al., 1997; GATTI et al., 2000; SHAMSUZZAMA et al., 2000). A Enatmoeba histolytica é o agente etiológico da amebíase, que devido a essa alta taxa de mortalidade se constitui na segunda causa de mortes por parasitoses (SILVA, 2005).

[...] Decidiu-se realizar o presente trabalho com intúito de diagnosticar o agente causal, tratar e diminuir o absenteísmo observado durante a epidemia que se havia instalado OBJETIVOS 2.1 Geral Avaliar a aplicação do modelo de acurácia em pacientes suspeitos de amebíase em uma comunidade rural do nordeste do estado do Pará, Brasil, visando realizar tratamento e educação sanitária adequada Específicos Analisar a especificidade e a sensibilidade do método coproscópico utilizado; Descrever os valores preditivos positivo e negativo enconttrados na localidade em estudo; Correlacionar o quadro clínico com os resultados obtidos; Correlacionar às condições sócio-econômicas da população estudada com a presença de Entamoeba histolytica Casuística e Método O projeto foi aprovado pelo Comitê de Ética em Pesquisa envolvendo seres humanos, do Núcleo de Medicina Tropical da Universidade Federal do Pará, em 05 de maio de 2005. [...]


[...] Prevalence and pathogenicity of Entamoeba histolytica in three different regions of Pernambuco, Northeast. Rev. Inst. Med. Trop., São Paulo, v.36, n.6, p.519- AGUIRRE, A. et al. Polymerase chain reaction-solution hybridization enzyme- linked immunoassay (PCR-SHELA) for the differential diagnosis of pathogenic and non-pathogenic Entamoeba histolytica. Trans. R. Soc. Trop. Méd. Hyg, 89:187-188,1995. ANDRADE, D. R.; ANDRADE JUNIOR, D. R. Amebíase. In: VERONESI, R. Tratado de Infectologia. São Paulo: Atheneu, v p.1169?1179. ARAÚJO, R. Amebíase. In: LEÃO, R. N. Q. Doenças infecciosas e parasitárias: enfoque amazônico. [...]


[...] Estudo epidemiológico da Entamoeba histolytica (Schaudinn, 1903) e Entamoeba hartmanni (Provazek, 1912) em um bairro do Município de Santa Cruz, Rio Grande do Norte. Dissertação (Mestrado) - Faculdade de Saúde Pública, Universidade de São Paulo MARTINS; et al. Parasitose intestinal entre os índios Paracanã. In: Congresso Brasileiro de Medicina Tropical. Salvador MATIJASEVIC. E. Amebiasis: aspecto clinico y tratamiento. Trib. Med. Bogotá, v.91, n.6, p.290-304, junho MILLS, K. H.; et al. Antigen. specific regulatories T Cells-their induction and role in infection. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas