Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Priapismo

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
ITPAC

Informações do trabalho

Frederico L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo
Número de páginas
33 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
134 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Conceito
  2. Anatomia
  3. Criança falcêmica com priapismo
  4. Causas
  5. História natural
  6. Patogenia
  7. Etiologias
    1. Doenças hematológicas
    2. Doenças neurológicas
    3. Traumas
    4. Drogas
    5. Neoplasias
    6. Idiopático
    7. Iatrogênico
  8. Diagnóstico
  9. Classificação
  10. Tratamento
    1. Hiperhidratação
    2. Analgesia
    3. Remoção dos coágulos
    4. Compressão peniana
  11. Tratamento: Técnicas
    1. Winter
    2. Al-Ghorab:
    3. Anastomose safeno-cavernosa
    4. Anastomose esponjo-cavernosa
  12. Prevenção
  13. Complicações
  14. Conclusão
  15. Bibliografia

Consiste em uma ereção peniana prolongada e dolorosa, sem desejo sexual. 50% dos casos: Origem idiopática. 50%: Secundário a doenças sistêmicas ou iatrogênico (injeção intracavernosa) para teste de avaliação de disfunção erétil ou para tratamento de impotência. O paciente geralmente relata uma história de várias horas ou dias de ereção dolorosa; Os corpos cavernosos estão edemaciados, túrgidos ou semitúrgidos à palpação; Sendo que a glande e os corpos esponjosos não estão envolvidos no processo.

[...] Tratamento: Técnicas Tratamento: Técnicas Prevenção Se Priapismo por nutrição parenteral: Recomenda-se administrar lentamente emulsões gordurosas a 10% associadas a soluções de aminoácidos-dextrose. No priapismo por drogas anestésicas: Recomenda-se aprofundamento anestésico, uso de betabloqueadoresou Ketamina. Prevenção Se por farmacoereção diagnóstica (prova terapêutica): Recomenda-se não liberar ou deixar o paciente com rigidez peniana por >2horas. Para prevenir o priapismo, faz-se necessário: Puncionar e esvaziar os corpos cavernosos. Usar drogas alfaadrenérgicas quando esta medida não for eficaz (raro). Prevenção Se por farmacoereção diagnóstica (prova terapêutica): Recomenda-se não liberar ou deixar o paciente com rigidez peniana por >2horas. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas