Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Sofrimento fetal agudo

Informações sobre o autor

Medico
Nível
Especializado
Estudo seguido
Universidad...

Informações do trabalho

MIHAI SORIN D.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
11 páginas
Nível
Especializado
Consultado
217 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Conceito
  2. Fisiopatologia: insuficiência uteroplacentária aguda e insuficiência fetoplacentaria aguda
    1. Conclusão
    2. Hipersistolia
    3. Taquisistolia
    4. Hipertonia
  3. Etiologia
  4. Mecanismos de defesa do feto
  5. Diagnóstico: clínico e provas biofísicas
    1. A frequencia basal do B. C. F.
    2. Aceleraçoes e deceleraçoes do ritmo cardiaco fetal
    3. Fatores que podem influenciar
    4. As deceleraçoes
    5. As deceleraçoes periodicas são significantes
    6. Os indicadores de gravidade das dips 2
    7. Deceleraçoes variáveis (tipo DIP 3)
    8. Sinais de gravidade por os dip 3 são:
    9. A analise do ph do sangue fetal
    10. A alfa-fetoproteina
  6. Prognóstico
  7. Conduta
    1. Conduta durante o parto
    2. Reanimação do feto
  8. Profilaxia

I. CONCEITO
Sofrimento fetal agudo é uma injuria fetal que ocorre durante o trabalho de parto, diferente de sofrimento fetal crônico que ocorre nas gestações de risco.
Tem como principais alterações bioquímicas: a hipoxia, a acidose e a hipercapnia.
Geralmente costumamos usar o termo de ?asfixia? caracterizando tanto a insuficiência de oxigênio, quanto a capacidade de eliminar o CO2.
Qualquer fator que interfira nas trocas metabólicas materno-fetais pode virar uma causa de sofrimento fetal agudo. Na maioria dos casos isso acontece durante o trabalho de parto, quando as mudanças anatômicas e fisiológicas acabam influenciar negativamente as circulações uteroplacentária e fetoplacentaria.
No entanto este tipo de incidente não e um privilegio exclusivo do trabalho de parto. Outros eventos podem causar, também, sofrimento fetal agudo.

[...] Se as lesões suplementarias faltam, então a etiologia intrapartum (hipoxia do sofrimento fetal agudo) pode ser ate excluída. A hipoxia leve tem um prognostico muito bom, a moderada depende de evolução clinica posterior, enfim, as hipóxias graves são acompanhadas toda vez de morte fetal ou de paralisia fetal grave. A hipoxia predispõe os tecidos fetais (do mesmo jeito que no caso do infarto de miocárdio) ao síndrome de reperfusão os radicais livres resultantes da asfixia podem lesar as membranas celulares depois que o fluxo sangüíneo restabelece. [...]


[...] RESULTADOS: Normal pH 7.25 7.35 Limite pH 7.20 7.25 Anormal (baixo) 7.20 A existência duma correlação entre a modificação do ritmo cardíaco fetal e os valores do sangue capilar fetal e quase obrigatória. Somente um ajuste entre o pH do sangue capilar fetal e o índice Apgar pode ser tolerado, podendo ser relacionado com a hiperventilação da mãe, efeitos dos remédios, ou contaminação do liquido amniótico. Porem, a analise do sangue fetal ajuda bastante para confirmar ou infirmar o diagnostico dos casos de sofrimento fetal A ALFA-FETOPROTEINA Quase todas as alfa-feto-proteinas tem origem fetal . [...]


[...] Uma parte desta proteína esta excretada na urina fetal eventualmente passa do liquido amniótico no soro da mãe. Mais de das mulheres grávidas de 16?18 semanas tem o nível elevado de AFP no plasma. Os níveis normais são dependentes de tempo da gestação. Por isso, determinar a idade gestacional pelo AFP e problemático AFP e muito útil pára avaliar o risco de defeito de tubo neural, apesar de que um grande numero destes testes vão ser falso positivos, a causa podendo ser: Idade gestacional errada Gestação múltipla Feto morto Nefrose congênita Atresia duodeno-esofagiano Exonfalos Teratoma sacrococcigiana Sinus pilonidal Síndrome de Turner Síndrome de Potter Sangue fetal no liquido amniótico Hemorragia fetomaterna Prenhez abdominal Alguns fetos de baixo peso Varias anormalidades do sistema nervoso periférico Mesmo tiver problemas serias de falsa-positividade; a investigação para saber a causa da elevação e necessária. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Sofrimento fetal

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  12/12/2006   |  BR   |   .ppt   |   36 páginas

Crescimento intra - uterino retardado (C. I. U. R.)

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo dirigido   |  13/11/2007   |  BR   |   .doc   |   17 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas