Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Abscesso de pulmão

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
UFMG

Informações do trabalho

Raphael C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
fichamento
Número de páginas
37 diapositivo
Nível
avançado
Consultado
147 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Causas
    1. Aspirativa
    2. Obstrutiva
    3. Embólica
  3. Patogênese
  4. Bacteriologia
  5. Diagnóstico
  6. Tratamento
  7. Antibioticoterapia
  8. Drenagem postural
  9. Conclusão
  10. Referências

Estudaremos as doenças mais importantes e freqüentes, que são o abscesso de pulmão e a bronquiectasia. As outras causas, como o empiema pleural e de mediastino, abscesso de mediastino, cisto infectado, infarto de pulmão infectado, etc., não serão aqui abordadas. Abscesso pulmonar é caracterizado por infecção, liquefação, necrose e formação de cavidade com supuração no parênquima pulmonar, com extensão variável de um segmento, um lobo ou multilobar. Os abscessos pulmonares agudos em geral têm evolução favorável dentro das primeiras 6 a 8 semanas de instalação; quando superior a esse período, admitimos que  é crônico.

[...] Patogênese Experimentalmente o abscesso aparece de 8 a 14 dias após episódio de aspiração. O abscesso pulmonar secundário é devido à obstrução brônquica por neoplasia benigna ou maligna, compressão extrínseca do brônquio ou aspiração de corpo estranho. A importância das bactérias anaeróbicas tem sido enfatizada nos últimos anos. Patogênese A flora da cavidade oral é em grande parte anaeróbia e tem-se confirmado a presença destas bactérias em nichos microbianos adjacentes à mucosa gengival, em cáries dentárias onde se criam condições de colonização ideal para essas bactérias. [...]


[...] empiema pleural e de mediastino, abscesso de mediastino, cisto infectado, infarto de pulmão infectado, etc., não serão aqui abordadas. Introdução Abscesso pulmonar é caracterizado por infecção, liquefação, necrose e formação de cavidade com supuração no parênquima pulmonar, com extensão variável de um segmento, um lobo ou multilobar. Os abscessos pulmonares agudos em geral têm evolução favorável dentro das primeiras 6 a 8 semanas de instalação; quando superior a esse período, admitimos que é crônico. Introdução A separação entre agudos e crônicos tem validade com relação à conduta terapêutica uma vez que os agudos respondem melhor à antibioticoterapia e manobras fisioterápicas enquanto os crônicos devido ao longo tempo de instalação tendem a apresentar espessamento da parede com menor chance de cura medicamentosa, sendo então mais vezes necessária a intervenção cirúrgica. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Processo de enfermagem - pneumonia

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo de caso   |  04/07/2008   |  BR   |   .doc   |   15 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas