Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Conduta na agudização do DPOC

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
ITPAC

Informações do trabalho

Frederico L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
fichamento
Número de páginas
40 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
139 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Objetivo do estudo
  2. Epidemiologia
  3. Aspectos gerais
    1. Espirometria
  4. Agudização dpoc
    1. Definição
  5. Graduando a agudização
    1. Grave
    2. Moderada
    3. Discreta
  6. Diagnóstico diferencial da agudização do dpoc
  7. Pós agudização
  8. Testes diagnósticos
    1. Abordagem geral
    2. Gasometria
    3. Radiografia de tórax
    4. Espirometria
  9. Tratamento - broncodilatadores
    1. Broncodilatadores
    2. Eficácia
    3. Benefício adicional
  10. Tratamento - corticosteróides
  11. Tratamento - antibióticos
  12. Tratamento - oxigênio
  13. Tratamento ? mucolíticos e expectorantes
  14. Tratamento ? fisioterapia respiratória
  15. Tratamento ? ventilação não invasiva com pressão positiva

Revisar os dados disponíveis sobre o diagnóstico, estratificação do risco e conduta terapêutica em pacientes com agudizações do DPOC. >16 milhões de adultos com DPOC sintomática: 5 e 6 década de vida 4 causa de morte DPOC: caracterizado por obstrução do fluxo aéreo e envolve basicamente duas entidades (enfisema e bronquite) Causas: Tabagismo (passivo também) Fatores genéticos (alfa 1 anti-tripsina) Ocupacional Poluição Hiperresponsividade de vias aéreas

[...] Incluem: Medidas de valores laboratoriais de rotina Exame físico ECG Avaliar função cardíaca Instituir prova empírica de diuréticos Testes Diagbósticos Gasometria: Graduar a gravidade da agudização Identificar necessidade de oxigenoterapia Identificar pacientes com potencial de utilização de ventilação mecânica Testes Diagnósticos Radiografia de Tórax Vários estudos foram realizados e concluiu-se que o Rx Tórax é um teste diagnóstico útil Testes Diagnósticos Espirometria Baseado em 3 estudos observacionais foi concluído que a espirometria na avaliação do curso do tratamento tem uso limitado em pacientes com agudização do DPOC Outro estudo com 70 pacientes demonstrou que a espirometria é um método fraco Tratamento - Broncodilatadores Broncodilatadores ?2 agonistas de curta e anticolinérgicos inalatórios são melhores que broncodilatadores administrados por via parenteral Xantinas não tem efeito benéfico, é a última droga de escolha Tratamento - Broncodilatadores Eficácia Brometo de ipratrópio e ?2 agonistas de curta: Melhora em VEF1 Albeterol x Terbutalina SC Tratamento - Broncodilatadores Benefício adicional: A adição de metilxantinas aos broncodilatadores inalatórios foi avaliado em vários estudos: Asma e DPOC tendência a hospitalização (aminofilina + ?2 curta + corticóide) Outro estudo: Anticolinérgico + ?2 curta no tratamento do DPOC agudizado Pacientes em tratamento com ipratrópio isoladamente tiveram efeitos colaterais Tratamento - Broncodilatadores Efeitos adversos Brometo de ipratrópio efeitos colaterais discretos Xerostomia Tremores Retenção urinária (quando associado ao albuterol) Brometo de ipratrópio efeitos colaterais discretos Tratamento - Broncodilatadores Efeitos adversos do albuterol: Tremores Cefaléia Náuseas Vômitos Palpitação Efeitos cardiovasculares e traçados no ECG são possíveis porém raros Tratamento - Broncodilatadores Agentes broncodilatadores e dispositivos de inalação Baseado em 8 estudos randomizados que compararam inaladores dosimetrados com nebulizadores concluiu-se que: Não há dispositivos melhor que o outro Tratamento - Corticosteróides SCCOP: uso de corticosteróide sistêmico em exacerbação do DPOC A terapia com corticóides sistêmicos melhora a espirometria e diminui as recidivas Poucos autores conseguem demonstrar a eficácia desse uso fora do hospital Tratamento - Corticosteróides No estudo existiu grande variabilidade na: Dosagem Duração Administração Cenário utilizado Foram submetidos pessoas com uso de: Placebos Metilprednisolona IV, seguido de prednisona oral Tratamento - Corticosteróides Resultado: Melhora do VEF1 de 0,1 L nos três primeiros dias de tratamento Quase não há diferença no VEF1 entre os dois grupos após duas semanas Deve-se fazer a equivalência entre o uso de 8 semanas e o de 2 semanas Tratamento - Corticosteróides Esquema de 2 semanas: Metilprednisolona 125mg IV dia) Prednisona 60mg dia) Prednisona 40mg dia) Prednisona 20mg dia) Tratamento - Corticosteróides Hiperglicemia efeito adverso mais comum 2/3 dos pacientes precisam ser tratados, porém já sabiam que tinham Diabetes mellitus Episódios ocorreram nos primeiros 30 dias, sendo que não foi descrito nas terapias de 8 ou de 2 semanas Tratamento - Antibióticos Seu uso é benéfico nas agudizações, principalmente naquelas mais graves Muitos dos estudos que mostram benefícios foram realizados antes dos patógenos respiratórios se tornarem multi-resistentes As variáveis utilizadas no estudo foram: Taxa de pico de fluxo expiratório Duração da agudização PaO2 Sintomas Houve uma melhora no pico de fluxo expiratório de 10,75 L/min nos pacientes tratados com ATB, que os tratados com placebo Tratamento - Antibióticos Benefício com uso de ATB: há uma correlação entre a gravidade das exacerbações e benefícios dos ATB Pacientes com agudizações severas experimentaram uma melhora mais significativa Enquanto aqueles com agudizações menos severas, os benefícios foram insignificantes Tratamento - Antibióticos Duração da administração de antibióticos Uso de Amoxicilina por 6 a 10 dias tem boa resposta em 70% dos pacientes Tratamento - Oxigênio A oxigenoterapia fornece benefícios enormes aos pacientes com exacerbações do DPOC que estão hipoxêmicos Benefícios; Riscos: Hipercapnia insuficiência respiratória Depressão do centro respiratório Alteração na V/Q Efeito Haldane Tratamento - Oxigênio A administração de oxigênio em pacientes com agudização do DPOC pode resultar em hipercapnia Tratamento Mucolíticos e Expectorantes Não diminui o curso do tratamento Há possibilidade de melhora sintomática Tratamento Fisioterapia respiratória INEFETIVA, talvez até prejudicial na terapia do DPOC Geram diminuição significativa de VEF1 nos pacientes que a fizeram em comparação com o grupo controle Tratamento ventilação não invasiva com pressão positiva A VNIPP é uma ótima estratégia para pacientes com problemas respiratórios, pois: Reduz a probabilidade de necessitar-se de ventilação mecânica invasiva Melhora a sobrevida Obs: Critérios selecionados nos estudos para o uso desta terapia foram confusos Tratamento ventilação não invasiva com pressão positiva Segundos os estudos o risco de óbito foi mais baixo em pacientes que foram escolhidos casulamente para receber VNIPP Fatores que previram o sucesso incluem: pH alto PaCO2 baixa Tratamento ventilação não invasiva com pressão positiva O insucesso da terapia se relacionou [...]


[...] aeruginosa: Pacientes internados Pacientes com antibioticoterapia recente Pacientes admitidos em UTI Agudização do DPOC Severa é precipitada principalmente por: Insuficiência cardíaca Infecções extra pulmonares Embolia pulmonar Pneumotórax Agudização do DPOC 50% não são relatadas Pacientes internados: mortalidade Pacientes em UTI: 11-24% Pós agudização Diminuição na qualidade de vida Metade dos que foram hospitalizados serão readmitidos no mínimo uma vez nos próximos 6 meses. Testes Diagnósticos Abordagem geral Existem muitos meios freqüentemente usados na avaliação de pacientes com agudização do DPOC. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas