Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Semiologia pulmonar

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
ITPAC

Informações do trabalho

Frederico L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
palestra
Número de páginas
51 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
2 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Percussão
  2. Percussão - tipos
    1. Percussão imediata ou direta
    2. Percussão mediata ou indireta
  3. Percussão - técnica
  4. Tonalidade de som
  5. Tipos de sons
  6. Espaço de traube
  7. Considerações importantes
  8. Fatores que influenciam na percussão
  9. Hemitórax direito - anteriormente
  10. Hemitórax esquerdo - anteriormente
  11. Lateralmente
  12. Posteriormente
  13. Hipersonoridade
  14. Macicez e submacicez
  15. Timpanismo
  16. Auscuta pulmonar - técnica
  17. Ruído respiratório normal
  18. Mecanismo de produção do ruído respiratório normal
  19. Alterações patológicas do mv
  20. Sopros
  21. Variedades de sopros
    1. Tubário
    2. Sopro pleural
    3. Sopro cavitário
    4. Sopro anfórico
  22. Auscuta a distância
  23. Auscuta torácica da voz
  24. Broncofonia
  25. Pterilóquia ou voz cavernosa
  26. Egofonia
  27. Voz anfórica ou anforofonia
  28. Pterilóquia afônica
  29. Ruídos adventícios
  30. Roncos e sibilos
  31. Estertores bolhosos
  32. Estertores crepitantes
  33. Atrito pleural

Objetivo: produzir sons cujas características variam conforme as propriedades físicas da área percutida, de modo a: 1. Limitar órgão na superfície da pele 2. Reconhecer alterações físicas de certos órgãos. 1. Percussão Imediata ou Direta: consiste em percurtir diretamente a superfície do corpo com os dedos - pouco usada - ex.: percussão de vértebras. 2. Percussão Mediata ou Indireta: coloca-se um dedo na superfície do tórax e sobre o mesmo se percute com o dedo da outra mão - percussão dígito-digital.

[...] Enfisema Pulmonar antigo AUSCUTA Auscuta Pulmonar - Técnica Paciente deve ficar em posição cômoda, respirando tranqüilamente e normalmente pela boca entreaberta. Auscuta indireta ou mediata: estetoscópio. Tórax despido sempre que possível Limite: 4 dedos abaixo do ângulo inferior da escápula (bases pulmonares) Tosse / respiração profunda Ruído Respiratório Normal Murmúrio vesicular (periferia do tórax) Ruído Laringotraqueal / sopro glótico / respiração brônquica (laringe, traquéia, ao nível de C7 e adjacências, espaço interescapular) Importante: O MV pode ser fisiologicamente menos intenso em pessoas obesas, ou com edema de parede torácica, ou com musculatura muito desenvolvida. [...]


[...] Tonalidade de Som: Som claro atimpânico / som claro pulmonar / sonoridade pulmonar: Área de projeção dos pulmões Som claro timpânico / timpanismo: Espaço de Traube (estômago e cólon) Tonalidade de Som: Som maciço / som obscuro / macicez: Região inframamária direita (macicez hepática) Som submaciço / som relativamente obscuro / submacicez: Região inframamária esquerda (transição pulmão-coração) Tipos de Sons Espaço de Traube: Espaço de forma semilunar com aproximadamente 9-11 cm de largura e 10cm de altura, localizado em abaixo da linha inframamária direita. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Anatomia arterial e venosa aplicada à cirurgia vascular

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Palestra   |  26/10/2006   |  BR   |   .ppt   |   36 páginas

Risco cirúrgico nas cardiopatias

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo de caso   |  27/06/2007   |  BR   |   .ppt   |   41 páginas

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas