Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Tratando a Hipertensão Arterial Sistêmica - Abordagem prática

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
medicina
Faculdade
ITPAC

Informações do trabalho

Frederico L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
palestra
Número de páginas
33 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
407 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Tratamento da HAS
  2. Não-medicamentoso
  3. Medicamentoso
  4. Classes de anti-hipertensivos
  5. A terapia
  6. Aspectos adicionais
  7. Associação de drogas
  8. HA Refratária
  9. Crise hipertensiva

Objetivos: Obter a longo prazo uma redução do risco cardiovascular, através da obtenção de níveis pressóricos adequados, controle dos fatores de risco e das lesões de órgãos-alvo; Diminuir a morbi-mortalidade cardiovascular, assim os medicamentos usados devem não só diminuir a PA (< 140x80 mmHg, respeitando as características individuais, as co-morbidades e a qualidade de vida dos pacientes), mas tb a taxa de eventos mórbitos cardiovasculares fatais e não-fatais (comprovado c o uso de diuréticos e ?-bloqueadores.

[...] HA REFRATÁRIA (cont.) Etiologia: Relacionada c o paciente não-adesão ao tratamento, uso de drogas q interagem c os medicamentos ou elevam a PA, obesidade devido à hiperinsulinemia, e dieta rica em sódio; Relacionada ao profissional de saúde educação do paciente, diagnóstico inadequado de HÁ secundária e terapêutica inadequada; Relacionada ao medicamento - custo dos medicamentos. HA REFRATÁRIA (cont.) Tratamento: Não envolve só o aspecto farmacológico do medicamento; Envolve uma abordagem ampla, desde aspectos culturais, sociais, econômicos e características biológicas de cada indivíduo. [...]


[...] A suspensão brusca pode provocar hiperatividade simpática, c HÁ de rebote e/ou manifestações de isquemia do miocárdio contra-indicações asma, DPOC, bloqueio AV de e graus e doença arterial obstrutiva periférica. Vasodilatadores diretos: # a HIDRALAZINA e o MINOXIDIL atuam diretamente sobre a musculatura da parede vascular, promovendo relaxamento muscular c conseqüente vasodilatação e redução da RVP; # devido à vasodilatação arterial direta, promovem retenção hídrica e taquicardia reflexa, devendo ser associados a diuréticos e/ou beta-bloqueadores. Antagonistas dos canais de cálcio: # reduzem a RVP por diminuirem a concentração de cálcio nas células musculares lisas vasculares; # são eficazes como monoterapia; # NITRENDIPINA reduz a morbi-mortalidade em idosos c HA sistólica isolada; # devem ser usados de preferência os ACC de longa duração, não sendo recomendado os de curat; ef. [...]

Mais Vendidos medicina

Trabalho sobre educação física e a importância do esporte no ensino

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  15/05/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Gestação múltipla

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Dissertação   |  21/11/2007   |  BR   |   .doc   |   21 páginas

Últimos trabalhos medicina

Fisiologia e Anatomia em Otorrinolaringologia

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   13 páginas

Diagnóstico e tratamento das Otites

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  25/09/2012   |  BR   |   .ppt   |   27 páginas