Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Nutrição Enteral Infantil

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
direito...
Faculdade
Centro...

Informações do trabalho

Tatiana P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
6 páginas
Nível
avançado
Consultado
344 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Nutrição Enteral Infantil

Terapia Nutricional Enteral é definida como qualquer tipo de terapêutica nutricional que utiliza o trato gastrintestinal como via de entrada dos nutrientes, artificialmente através de sondas, cujas extremidades se localizam no estômago, duodeno ou jejuno.
A presença freqüente de desnutrição hospitalar em todo o mundo só aumenta a importância e o crescimento dessa terapia nutricional. A nutrição enteral tem sido cada vez mais utilizada por trazer benefícios para o paciente.
Com o avanço das pesquisas e o crescimento das indústrias, as formulações dietéticas estão cada vez mais especializadas e de fácil preparo, o que contribuiu muito para este crescente uso da terapia nutricional enteral.
Na saúde da criança a nutrição desempenha um papel primordial, pois visa o crescimento, desenvolvimento e maturidade fisiológica, ressaltando a seriedade da terapia nutricional enteral infantil.
O objetivo desse trabalho é advertir e elucidar a importância da nutrição enteral em crianças.

[...] Quanto aos carboidratos, estão na forma de polímeros de glicose, maltodextrina e amido pré-gelatinizado ou pré-cozido, visando melhor digestibilidade e redução da osmolaridade destas fórmulas. As vitaminas, minerais e oligoelementos estão presentes segundo as recomendações da FAO/OMS. CONCLUSÃO Com o avanço tecnológico das últimas décadas aumentou o interesse em se efetuar a terapia nutricional enteral em pacientes impossibilitados de uma alimentação normal. As novas fórmulas permitem uma adequação individual às necessidades dos pacientes, particularmente em pacientes infantis, onde a susceptibilidade a alergias, intolerância e outros é bem maior que em adultos. É certo que na criança, principalmente, o uso da terapia de nutrição [...]


[...] Nutrição enteral do Recém-nascido(RN) e lactente Recém Nascido de termo adequado para idade gestacional (RNTAIG) devem ser alimentado exclusivamente com leite materno até os seis meses de vida; alimentos de transição (sopinha de legumes, frutas, sucos) devem ser oferecidos gradativamente após este período. De acordo com a OMS o aleitamento ao seio deverá continuar até os dois anos de vida. Em caso de doença (anóxia, infecção, diarréia) deve-se manter o leite materno. Se o lactente não conseguir sugar o peito da mãe, utiliza-se alimentação por sonda naso ou orogástrica de silicone ou poliuretano 8-10 F com leite materno extraído da mãe por expressão manual ou bombas de aspiração manual ou elétrica. [...]

Últimos trabalhos nutrição

Hipovitaminose A

 Biologia e medicina   |  Nutrição   |  Estudo   |  19/03/2012   |  BR   |   .doc   |   17 páginas

Toxicologia de alimentos

 Biologia e medicina   |  Nutrição   |  Estudo   |  03/01/2010   |  BR   |   .doc   |   5 páginas