Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Anomalias dentárias de número

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
administração
Faculdade
Faculdade...

Informações do trabalho

Vanessa C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
8 páginas
Nível
avançado
Consultado
111 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Doença intersticial pulmonar

As anomalias dentárias constituem-se em um fator etiológico de maloclusões e são freqüentemente observadas em pacientes infantis. Desta forma, o diagnóstico precoce de tais patologias reveste-se de grande significado clínico, sendo as radiografias panorâmicas um exame complementar de fundamental importância na detecção das diferentes anomalias dentárias.
Os exames radiográficos de rotina são de grande valia no que tange às malformações que passam muitas vezes desapercebidas ao próprio paciente e ao profissional até o momento da hipótese diagnóstica através dos exames clínicos. Todavia, para que se faça um diagnóstico e tratamento adequados é mister se alicerçar no conhecimento no conhecimento da organogênese, não só das estruturas de suporte como também das funções dos órgãos dentários.
Os distúrbios de desenvolvimento que acometem as estruturas dentais podem atingir dentes decíduos e permanentes, manifestando-se por alterações de número, tamanho, forma e estrutura dentária. Muitos desses distúrbios seguem padrões hereditários, enquanto outros são congênitos. Cerca de 10% das malformações congênitas são de caráter hereditário; outras 10% são consideradas oriundas de um ambiente patológico e 80%, de etiologia não demonstrada ou desconhecida. As alterações numéricas são consideradas as mais prevalentes na clínica odontológica.

[...] Essa redução do tamanho dos ossos e do número de dentes estaria diretamente relacionada com a mudança dos hábitos alimentares do ser humano. RIBBLE concluiu que a redução do numero de dentes possui causa geneticamente determinada, seguindo um modo autossômico dominante de transmissão, com penetração incompleta e expressibilidade variável. GORLING (1981), também sugeriram o fator genético como provável causa das anodontias. Estudos recentes relacionam a anodontia a fatores ambientais, como a infecção da gestação pelo vírus da rubéola, irradiação ou uso de talidomida durante a gravidez. [...]


[...] Quanto a anodontia total, minucioso estudo na literatura pesquisada revelou a existência de poucos casos de anodontia total da dentição permanente, e apenas um caso em que a falta total de dentes atingia ambas as dentições. WILLNER, em 1936, relatou a existência de 5 ( cinco ) casos de anodontia total da dentição permanente, relacionada a displasia ectodérmica anidrótica enquanto que WARR, em 1938, descreveu um caso clinico de uma jovem de 12 anos de idade que exceto a ausência dos primeiros molares decíduos, possuía a primeira dentição normal enquanto que na dentição permanente nenhum dente estava presente, inclusive com pesquisa radiográfica. [...]

Mais Vendidos odontologia

Cronologia, Formação e Erupção Dental

 Biologia e medicina   |  Odontologia   |  Estudo   |  28/08/2012   |  BR   |   .ppt   |   7 páginas

Últimos trabalhos odontologia

Cronologia, Formação e Erupção Dental

 Biologia e medicina   |  Odontologia   |  Estudo   |  28/08/2012   |  BR   |   .ppt   |   7 páginas

Osteonecrose dos Ossos Maxilares

 Biologia e medicina   |  Odontologia   |  Estudo   |  28/02/2011   |  BR   |   .ppt   |   4 páginas