Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Radiologia odontológica na implantodontia

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
outros
Faculdade
CASTELO BRANCO

Informações do trabalho

Armênio C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
11 páginas
Nível
Para todos
Consultado
8 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. revisão da literatura
    1. Considerações sobre Radiologia Odontológica na Implantodontia
    2. Técnicas radiográficas utilizadas em Implantodontia
    3. Radiografias periapicais
    4. Radiografias oclusais
    5. Radiografia panorâmica
    6. Radiografia cefalométrica
    7. Tomografia convencional
    8. Tomografia computadorizada
    9. Ressonância magnética
  3. Discussão
  4. Conclusão
  5. Referências bibliográficas

Através do século XX, várias técnicas foram usadas para implantes dentários, dentre estas, as mais bem sucedidas foram as de implantes subperiósteos e endósteos. Os subperiósteos foram originados por Muller em 1937 e obteve um moderado sucesso. Já os implantes endósteos começaram a partir do inicio dos anos 60, no departamento de anatomia em Gotemburgo, Suécia, o professor Per-Inguar Branemark e associados observaram que o titânio inserido em tecido ósseo se tornava permanente integrado a ele.
Com Base nesta descoberta uma nova era surgiu na odontologia, relacionada a reabilitação oral e conseqüentemente refletindo-se na radiologia.
O diagnóstico por imagem em odontologia procurando satisfazer tais objetivos, sofreu modificações tecnológicas capazes de contemplar estes novos requisitos de informação, propiciando detalhes da área de interesse, possibilitando a redução de erros antes e durante as manobras cirúrgicas.
Os objetivos dos exames radiográficos na Implantodia são: visualização, orientação, avaliação do ?status? da fisiologia dos tecidos, avaliação pós-operatória e finalmente, documentação.
Com o avanço da Implantodontia e da radiologia odontológica, este trabalho visa expor os diversos tipos de métodos de imagens que o cirurgião dentista tem ao seu alcança para auxilio no diagnóstico e planejamento de implantes para reabilitação oral.

[...] A utilização de aparelhos com múltiplos fulcros e o correto posicionamento do paciente junto ao mesmo parecem permitir a melhora da imagem na região anterior (FREITAS, 1992) Radiografia cefalométrica Segundo Frederiksen (1995), para que as radiografias cefalométricas sejam usadas como métodos de avaliação pré-cirúrgica para implantes, faz-se necessário que o paciente esteja usando a prótese atual, a fim de que se possa visualizar o perfil de tecido mole estabelecendo-se a relação da maxila e mandíbula. De acordo com este autor, esta técnica fornece informações sobre a relação do maxilar no qual será colocado o implante com os dentes próteses) da arcada oposta. [...]


[...] Porém a vista transversal dos maxilares somente é possível na linha média anterior, de forma que a dimensão horizontal do processo só pode ser medida nesta região. A radiografia panorâmica nos dá uma grande nação sobre altura óssea e distância dos processos alveolares em redação a estruturas anatômicas, presença de patológicas e possui um baixo custo. Porém ela amplia a imagem na dimensão vertical e horizontal aumentando as chances de erro no planejamento. Na mandíbula, devido a inclinação do processo alveolar pode levar a uma imagem exagerada da quantidade de osso disponível. [...]


[...] A ressonância magnética é comparável à tomografia computadorizada na avaliação da anatomia e patologia orofaciais. A capacidade de se obter imagens multiplanares, aliados à reprodutividade anatômicas, conferem à ressonância indicações precisas em algumas em situações especiais (MOREIRA, 2000). A RM é utilizada nas imagens de implantes como uma técnica secundaria, quanto modalidades primárias como, a TC falharem. Em pacientes com osteoporose a TC não consegue diferenciar o canal mandibular em dos casos. A RM visualiza a gordura no osso trabecular e diferencia o canal alveolar inferior e o feixe neurovascular do osso trabecular adjacente. [...]

Mais Vendidos odontologia

Cronologia, Formação e Erupção Dental

 Biologia e medicina   |  Odontologia   |  Estudo   |  28/08/2012   |  BR   |   .ppt   |   7 páginas

Últimos trabalhos odontologia

Cronologia, Formação e Erupção Dental

 Biologia e medicina   |  Odontologia   |  Estudo   |  28/08/2012   |  BR   |   .ppt   |   7 páginas

Osteonecrose dos Ossos Maxilares

 Biologia e medicina   |  Odontologia   |  Estudo   |  28/02/2011   |  BR   |   .ppt   |   4 páginas