Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Eqüilíbrio mineral

Informações sobre o autor

Professora de Genética - Professora de Melhoramento...
Nível
Especializado
Estudo seguido
Médica...

Informações do trabalho

Giselle K.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
artigo
Número de páginas
16 páginas
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Os minerais
    1. Relação cálcio x fósforo
    2. Funções dos Minerais
    3. Características dos minerais
    4. Minerais Quelatos (Cintra 2004)
  3. Medicina ortomolecular (Andriguetto, 1983; rezende, 2003)
  4. Avaliação laboratorial ? (Botelho, 2004; Meyer, 1995)

Os minerais possuem papel importante no organismo: participam na constituição das enzimas, das vitaminas, das secreções, dos hormônios e fazem o papel de transportadores (ANDRIGUETTO, 1983; LEWIS, 2000).
Durante seu trânsito pelo organismo, os minerais não sofrem modificações, mas participam de ligações particulares, assim temos que entendê-los diferentemente das substâncias orgânicas, que em seu metabolismo sofrem profundas transformações (ANDRIGUETTO, 1983; LEWIS, 2000).
Todos os minerais possuem exigências especificas por animal e suas funções estão relacionadas com a estrutura do animal, o metabolismo geral, a produção de enzimas e o envio de sinais entre diferentes células do organismo. Além das quantidades individuais de cada mineral, existem relações entre eles que devem ser observadas. Algumas vezes o desbalanço ou excesso de um certo mineral pode interferir na absorção de outro e ocasionar prejuízos à saúde do animal (CINTRA, 2004).

[...] Segundo profissionais da Embrapa (2003) e Lewis (2004), os principais sintomas de sua deficiência são: anemia hipocrômica e neutropenia, resultante de uma prolongada deficiência de cobre que impede a síntese da hemoglobina, principal componente das hemácias; ataxia enzoótica em recém-nascidos, caracterizada por perturbações da locomoção, paralisia posterior e morte, causada pela má formação da bainha de mielina da medula espinhal em decorrência da deficiência crônica de cobre das mães; morte súbita, caracterizada por atrofia e fibrose do miocárdio, os animais caem e morrem de súbito por falência cardíaca aguda; diarréia, uma ocorrência mais comumente associada com a deficiência de cobre direta ou induzida (toxidez de molibdênio e/ou enxofre); perda da cor natural dos pêlos e pele, demonstrada em animais de pelagem escura; declínio da fertilidade pela falta ou retardamento do cio; deformidade e enfraquecimento dos ossos longos, que fraturam com relativa facilidade. [...]


[...] Atribui-se também ao estanho um melhor ganho de peso em animais com suplementação desse mineral (CINTRA, 2003; LEWIS, 2000). Flúor esse elemento encontra-se no organismo sob a forma de um mineral, denominado apatita. Ocorre no organismo adulto na faixa de 0,04% a 0,06%. Comprova-se que a ingestão de quantidade maior que a tolerada mostra- se realmente prejudicial. Os ossos perdem a cor normal e o brilho, tornam- se grossos e perdem a resistência. Os efeitos sobre os dentes são semelhantes. [...]


[...] O simples fato de um mineral ser quelatado (ou quelado) não significa que ele é superior aos outros. Como exemplo temos o cálcio quelado por oxalato (presente em alguns tipos de capim). Este complexo quelatado não é absorvido pelo organismo. Portanto, em produção animal, se for utilizar um mineral quelatado, deve-se conhecer sua procedência, para saber se é ou não absorvido pelo organismo. Medicina Ortomolecular A medicina ortomolecular iniciou-se com o estudo dos radicais livres. As células são as vítimas prediletas dos radicais livres. [...]

Mais Vendidos veterinária

Herpesviridae

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Artigo   |  29/06/2008   |  BR   |   .doc   |   19 páginas

mais Pontuados veterinária

Anatomia, Estrutura e Circulação Sanguínea da Glândula Mamária

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Estudo   |  13/08/2012   |  BR   |   .doc   |   10 páginas