Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Peritonite infecciosa felina (PIF)

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

Melissa S.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo de caso
Número de páginas
20 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Etiologia
  3. Peritonite infecciosa felina
  4. Transmissão
  5. Tipos de pif
    1. Pif úmida ou efusiva
    2. Pif seca ou não-efusiva
  6. Sinais clínicos:
  7. Diagnóstico
  8. Tratamento
  9. Profilaxia
  10. Origem
  11. Via de eliminação do vírus
  12. Reação do tipo arthus
  13. Necrópsia

Peritonite Infecciosa felina (PIF) causada por um coronavirus, encontrado pelo mundo todo, é principalmente uma doença de gatos domésticos embora felídeos selvagens possam ser afetados. Ocorre em felídeos de todas as idades, e pode ser clinicamente importante e resultar em morte. Peritonite Infecciosa Felina Distribuição mundial A faixa etária: de 6 meses a 2 anos, e acima de 11 anos. Prevalência maior em gatos de raça pura, porém nenhuma raça tem mostrado uma predisposição para a doença. Tempo de incubação do vírus : 2 meses.

[...] Porém a desativação do complemento em gatos inoculados pode não ter efeitos apreciáveis no desenvolvimento da doença, sugerindo que o mecanismo pode não estar esclarecido. Conclusão Após a disseminação do vírus no organismo, o desenvolvimento da doença parece depender do tipo e do grau da imunidade que se desenvolve. A contenção do vírus com resistência a doença se deve a forte resposta imunológica mediada por células. Imunidade humoral não é protetora e as vezes pode aumentar a gravidade da doença. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Peritonite séptica e asséptica

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Dissertação   |  04/10/2008   |  BR   |   .doc   |   23 páginas

Mais Vendidos veterinária

Herpesviridae

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Artigo   |  29/06/2008   |  BR   |   .doc   |   19 páginas