Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Parasitas externos das aves: ectoparasitos

Informações sobre o autor

Professora de Genética - Professora de Melhoramento...
Nível
Especializado
Estudo seguido
Médica...

Informações do trabalho

Giselle K.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
26 páginas
Nível
Especializado
Consultado
65 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Anatomia e fisiologia do sistema cardiovascular
    1. Anatomia e fisiologia do sistema cardiovascular de fetos
  3. Diagnóstico
  4. Principais doenças cardíacas congênitas
    1. Tetralogia de Fallot
    2. Persistência do ducto arterioso (PDA)
    3. Estenose pulmonar (EP)
    4. Estenose subaórtica (ESA)
    5. Defeito do septo atrial
    6. Defeito do septo ventricular
    7. Persistência do 4º arco aórtico direito
    8. Hérnia peritônio pericárdio diafragmática (HPPD
    9. Fibroelastose endocárdica
    10. Ectopia cordis
    11. Cor triatriatum e cor triatriatum dexter

Os seres vivos se relacionam no ambiente de várias formas. Algumas dessas relações levam ao benefício de ambas as espécies envolvidas ou de apenas uma, mas sem prejuízo da outra, e outras ao prejuízo de uma delas, como é o caso do parasitismo.
O termo ?parasito? tem origem grega e significa ?um ser que se alimenta de outro?. Sendo assim, o parasitismo é a associação unilateral, íntima, lenta, direta e estreita entre duas espécies: o hospedeiro e o parasito. O hospedeiro é indispensável ao parasito, que vive a suas custas, retirando dele o alimento que necessita para sua sobrevivência.
Existem parasitas internos e externos e neste trabalho iremos tratar especificamente dos parasitas externos das aves.
Taxonomia
Quanto a classificação taxonômica, os ectoparasitos de aves pertencem ao filo Arthropoda, que engloba os animais articulados (animais com pés articulados e exoesqueleto). Entre os artrópodes encontramos animais de grande utilidade ao ecossistema e a natureza, mas também vários animais nocivos aos vegetais, animais e ao homem. Vários deles se alimentam de sangue, picando alternativamente indivíduos doentes e outros sadios, sendo responsáveis pela inoculação de diversos germes patogênicos, disseminando doenças. O filo Arthropoda se divide em classes, que por sua vez se divide em ordens. As classes de importância veterinária são a Arachnida, Insecta e Pentastomida, sendo que esta última não possui espécies ectoparasitas de aves. A seguir iremos classificar de acordo com a ordem taxonômica os ectoparasitos de aves.

Mais Vendidos veterinária

Herpesviridae

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Artigo   |  29/06/2008   |  BR   |   .doc   |   19 páginas

mais Pontuados veterinária

Anatomia, Estrutura e Circulação Sanguínea da Glândula Mamária

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Estudo   |  13/08/2012   |  BR   |   .doc   |   10 páginas