Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Parasitologia animal

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

Melissa S.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
41 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
2 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Endoparasitos x ectoparasitos
    1. Endoparasitos
    2. Ectoparasitos
  3. Infecção
  4. Infestação
  5. Tipos de Parasitos
    1. Obrigatório
    2. Facultativo
    3. Acidental
    4. Temporário
    5. Permanente
    6. Periódico
  6. Tipos de hospedeiros
    1. Definitivo (hd)
    2. Intermediário (hi)
    3. Paratênico
    4. Vetor
  7. Tipo de ciclo do parasito
    1. Monoxeno
    2. Heteroxeno
    3. Estenoxenos
    4. Eurixenos
  8. Ação do parasito sobre o hospedeiro
    1. Ação mecânica
    2. Ação espoliadora
    3. Ação inflamatória/ irritante
    4. Ação de transmissão
  9. Períodos de parasitísmo
    1. período pré-patente (ppp)
    2. período patente (pp)
  10. Classificação dos seres vivos
    1. Necessidade
    2. Classificação natural
  11. Classificação artificial
    1. Variedade e raça
    2. Sub- espécie
    3. Gênero
    4. Grupos superiores ao gênero
    5. Ramo ou filo
  12. Termos Intermediários
  13. Regras internacionais de nomenclatura zoológica
  14. Artrópodes
  15. Filo protozoa morfologia dos protozoários
    1. Características
    2. Flagelos
    3. Cílios
  16. Filo plathelmintos (platy = achatados)

PARASITO: Origem grega significa ser que se alimenta de outro (hospedeiro). Indivíduo que necessita outro ser para ter abrigo, alimento, para reproduzir e perpetuar a espécie. A relação parasita - hospedeiro é muito importante, por exemplo: - Acantocéfalos e cestóides: têm uma dependência de 100 % do hospedeiro, pois necessitam deles para sua nutrição. - Nematóides: têm uma dependência menor, pois possuem tubo digestivo e obtêm seu O2 no próprio habitat. ENDOPARASITOS: São aqueles que têm contato profundo com tecidos e órgãos dos hospedeiros. ECTOPARASITOS: São aqueles que têm contato com a pele dos hospedeiros.

[...] Sistema digestivo completo (boca, vestíbulo oral, lábios, esôfago, faringe, intestino e ânus ou abertura anal). Dimorfismo sexual (embora existam fêmeas partenogenéticas). Conclusão Na parasitologia é de fundamental importância que saibamos classificar todos os parasitas para que possamos entender melhor suas particularidades. Cada conceito nos informa de forma clara e já podemos ter uma idéia melhor sobre seu comportamento biológico e habitat. Referências Bibliográficas Barriga O. O Las Enfermedades Parasitarias de los animales domésticos em la américa latina. Editorial Germinal, Santiago do Chile. 1a edição p. CARRERA, M Insetos de Interesse Médico-Veterinário. Editora [...]


[...] O nome genérico (gênero) deve ser empregado como substantivo no nominativo singular e sempre escrito com a primeira letra maiúscula. Ex: Oxyuris equi, Babesia caballi. O nome específico (espécie) deve ser sempre escrito em letra minúscula. Um nome específico dedicado a uma mulher deve terminar em ae e se for para homem em i. Ex: cuvieri ruthae. nome de uma sub-família é formado acrescentando-se inae. Ex: Culicinae nome de família é formado acrescentando-se idae. Ex: Eimeriidae nome de uma superfamília deve ter a terminação oidea. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Pesquisa de ectoparasitos

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Estudo   |  10/01/2008   |  BR   |   .ppt   |   52 páginas

Parasitologia veterinária

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Estudo dirigido   |  23/07/2008   |  BR   |   .doc   |   32 páginas

Mais Vendidos veterinária

Herpesviridae

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Artigo   |  29/06/2008   |  BR   |   .doc   |   19 páginas