Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Sarnas

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

Melissa S.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
24 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
231 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Sarcoptes scabiei
    1. Lesões
    2. Período de Incubação
    3. Regiões de preferência
    4. Penetração dos ácaros
    5. Sinais Clínicos
  3. Ácaro Escabiose - Sarcoptes scabei
  4. Demodicose- Demodex canis
  5. Demodécica
    1. Forma Localizada
    2. Forma generalizada
    3. Diagnóstico
    4. Tratamento

As sarnas são patologias cutâneas e algumas delas são zoonoses (ou seja, podem ser transmitidas dos animais de estimação como cão e gato para os seres humanos). As mais conhecidas, no mundo veterinário, são a sarna demodécica e a sarna sarcóptica, ou também conhecida como "escabiose Sarna é uma doença contagiosa causada pelo por um ácaro. Também é chamada de escabiose . Nos humano é transmitida pelo contato direto entre pessoas, pelo compartilhamento de roupas, roupas de cama.

[...] Novas camadas de camada córnea são geradas em reação defensiva frente aos ácaros, como resultado há uma maior vascularização da epiderme com conseqüente rubor e calor, que se detecta como uma inflamação. É extremamente importante que a doença seja diagnosticada rapidamente para que haja um combate mais eficaz do parasita e de suas larvas. Sinais Clínicos O ácaro da sarna, principalmente sarcóptico, causa intenso prurido ao escavar a pele; esta seca, engrossa e enruga-se. Formam-se crostas nas áreas afetadas. Sinais Clínicos As lesões aparecem primeiro na cabeça, em torno dos olhos, orelhas e focinho; daí estende-se pelas costas, abdômen e patas. [...]


[...] Regiões de preferência Os ácaros causadores das sarnas preferem regiões com poucos pêlos (especialmente o pavilhão auricular e o abdômen.) Uma vez no hospedeiro cão), as fêmeas cavam galerias debaixo da pele, por onde põem seus ovos, que se tornam larvas; estas alimentam-se da epiderme. Penetração dos ácaros Os ácaros penetram na camada mais profunda da epiderme, denominada germinativa, responsável pela regeneração da pele, perfurando-a e revestindo-a com queratina, fazendo com que se crie uma parede cornificada, provocando assim esfoliação das camadas superiores. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Escabiose canina

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Estudo de caso   |  10/02/2010   |  BR   |   .doc   |   3 páginas

Mais Vendidos veterinária

Herpesviridae

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Artigo   |  29/06/2008   |  BR   |   .doc   |   19 páginas