Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Urolitíase vesical em cães (cálculo no trato urinário)

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

Melissa S.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
.ppt
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
36 diapositivo
Nível
Especializado
Consultado
206 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Os urólitos podem ser classificados
    1. Localização
    2. Forma
    3. Composição mineral
  3. Natureza dos cálculos
  4. Formações do núcleo cristalino
  5. Teoria da precipitação-cristalização
  6. Teoria dos Inibidores
  7. Fatores predisponentes
  8. Exame clínico
  9. Diagnóstico
  10. RX
  11. Litíase Vesical e Uretral
  12. Cistite e Uretrite
  13. Litíase renal
  14. Profilaxia
  15. Urinálise

O aparelho urinário está concebido para eliminar os resíduos na forma líquida (urina). A litíase urinária (urolitíase) é a formação de cálculos (urólitos) nos rins, nos ureteres ou na bexiga. Os urólitos são concreções policristalinas compostas principalmente por cristalóides orgânicos ou inorgânicos (90-95%) e uma pequena quantidade de matriz orgânica (5-10%) e formam-se no interior das vias excretoras

[...] A intervenção cirúrgica tem a vantagem de permitir o diagnóstico definitivo do tipo de cálculo, permitir corrigir qualquer anomalia anatômica existente e de obter amostras da parede vesical para cultura bacteriana utilização prévia de antibióticos pode originar urina estéril). REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS FRASER,C.M. et al. Manual Merck de Veterinária ed. São Paulo: Rocca p.1173. GRAUER, G. F. Manifestações clínicas dos Distúrbios urinários. In : Nelson e Couto. Fundamentos de Medicina Interna de Pequenos Animais. Rio de Janeiro: Guanabara Koogan, 1994.p.506-514. LULICH J.P. [...]


[...] Shunt porto-sistêmico); diminuição da capacidade solvente da urina por diminuição da diurese, o que aumenta a concentração de todos os cristalóides calculogênicas, ou por modificação do pH urinário alcalinização aumenta a supersaturação em fosfatos, a acidificação aumenta a de cistina e de uratos; diminuição do poder urinário de inibição da cristalização infecção do trato urinário que favorece a aparição de uma matriz orgânica ou a alcalinização do ph (bactérias urease positivas, ex: Proteus), aumentando assim a supersaturação em fosfato-amoníaco-magnesiano; estase urinária, permitindo período de tempo adequado no interior do trato urinário; reabsorção tubular reduzida cálcio, cistina, ácido úrico). [...]

Mais Vendidos veterinária

Herpesviridae

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Artigo   |  29/06/2008   |  BR   |   .doc   |   19 páginas

mais Pontuados veterinária

Anatomia, Estrutura e Circulação Sanguínea da Glândula Mamária

 Biologia e medicina   |  Veterinária   |  Estudo   |  13/08/2012   |  BR   |   .doc   |   10 páginas