Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Personalidade e direitos da personalidade

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
direito...
Faculdade
Universidad...

Informações do trabalho

Diego M.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
4 páginas
Nível
Para todos
Consultado
402 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
1 Avaliaçao cliente
5
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Personalidade e pessoa natural
  3. Começo da personalidade
  4. Fim da personalidade
  5. Ausência
  6. Comoriência
  7. Registro civil das pessoas naturais
  8. Direito da personalidade
  9. Referências

Este estudo tem como objetivo preliminar, explicar o que a personalidade, o direito da personalidade e pessoa natural. Explicando também as particularidades de cada uma.
A importância de estudar direito civil está ligada ao nosso dia a dia. E nas relações sociais que em sua maioria está impregnada de atos civis. Assim, é de extrema importância entender esses conceitos, que embora sejam preliminares, são de suma relevância.

[...] A nomeação de um curador ocorre também se o ausente tiver deixado um procurador que por algum motivo não queira ser o responsável por isso. O esquema de curatela possui três fases; a da caracterização da ausência, a sucessão provisória; e da sucessão definitiva. Comoriência Quando várias pessoas morrem em conseqüência de um acidente ou de um mesmo acontecimento, poderá interessar ao Direito, quem morreu primeiro, para verificar se houve transmissão de bens entre elas. Falhando todos os recursos para a apuração de quem morreu primeiro torna-se necessário criar um critério para que essa problemática seja resolvida. [...]


[...] Fim da personalidade A personalidade é um atributo que acompanha o ser humano por toda vida. Como a existência da pessoa natural acaba com a morte, somente com essa acaba a sua personalidade. O nosso Direito não reconhece a hipótese desta acabar antes. Para efeitos sucessórios, presume-se morte quando ocorre a abertura da sucessão definitiva do ausente. Esta presunção de morte vigora somente para efeitos patrimoniais, não implicando assim no fim da personalidade, visto que, o regresso do ausente ao seu domicílio é reconhecido e produz os efeitos previstos na lei. [...]

Estes documentos podem interessar a você

A desconsideração da personalidade jurídica devido ao não cumprimento das obrigações tributárias

 Direito e contrato   |  Outro   |  Estudo   |  10/01/2007   |  BR   |   .doc   |   25 páginas

Direito da personalidade e a doação de orgãos

 Direito e contrato   |  Direito civil   |  Estudo   |  09/11/2008   |  BR   |   .doc   |   28 páginas

Últimos trabalhos direito civil

Direito Sucessório na União Estável

 Direito e contrato   |  Direito civil   |  Estudo   |  20/05/2012   |  BR   |   .doc   |   22 páginas

A Teoria da Desconsideração da Personalidade Jurídica

 Direito e contrato   |  Direito civil   |  Estudo   |  08/11/2011   |  BR   |   .doc   |   25 páginas