Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Contrato particular de locação de prédio urbano para fim não residencial

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
direito dos...
Faculdade
UNIVERSO

Informações do trabalho

Paulo M.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
exemplos de contrato
Número de páginas
8 páginas
Nível
Especializado
Consultado
159 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Contrato particular de locação de prédio urbano, para fim não residencial

DO OBJETO DA LOCAÇÃO ? A LOCADORA dá em locação à LOCATÁRIA a área do galpão e a faixa de terreno contíguo, correspondente ao quarto galpão de um conjunto de quatro galpões, que se acham construídos em terreno próprio, de propriedade da LOCADORA, em parte do Lote de terreno próprio de nº 04, desmembrada de uma área maior referente a Quadra 105, do Loteamento Urbanização de Prazeres, 1ª parte, em Prazeres, Jaboatão dos Guararapes ? PE, cujas dimensões, meramente enunciativas, com relação ao galpão é de 20m x 35m (vinte metros por trinta e cinco metros), bem este que passa a ser, aqui, identificado como Galpão nº 04 (quatro), ao qual se antecede três outros galpões, também de propriedade da LOCADORA, estes três não incluídos nesta locação, sendo que o Galpão nº 04 (quatro) é o quarto deles na direção sentido cidade do Cabo/Recife, cujo Galpão de nº 04 (quatro) é o único que é objeto desta locação, juntamente com a faixa do terreno lateral oposto aos demais galpões, a qual tem também a dimensão de 20m x 35m (vinte metros por trinta e cinco metros), e que ora são locados (Galpão nº 04 e faixa de terreno), no estado em que se acham, sendo que o Galpão com sua construção final ainda por concluir, cujos serviços necessários à sua conclusão deverão ser executados apenas no Galpão nº 04, às expensas exclusivas e sob sua inteira responsabilidade da LOCATÁRIA, como condição do presente contrato de locação, sem direito à reembolso, indenização ou retenção, tudo pelo preço, prazo e demais condições constantes das cláusulas que se seguem. Fica esclarecido que não se compreendem nos serviços de conclusão de que trata esta cláusula.

[...] PARÁGRAFO PRIMEIRO É facultado à LOCADORA, querendo, realizar esses pagamentos para deles ser reembolsada, quando do recebimento dos aluguéis, bastando comunicar à LOCATÁRIA com a devida antecedência, a fim de evitar repetição de pagamento. PARÁGRAFO SEGUNDO Enquanto o IPTU compreender englobadamente os quatro galpões e a faixa de terreno do Lote nº 04, definido na cláusula primeira deste instrumento, cumprirá à LOCATÁRIA efetuar o pagamento de 2/5 (dois quintos) do tributo, taxas e encargos sobre eles incidentes, até que a municipalidade venha a proceder o respectivo lançamento do IPTU apenas do galpão e da faixa de terreno objeto desta locação, hipótese em que esse valor será aí suportado com exclusividade pela LOCATÁRIA. [...]


[...] Jaboatão dos Guararapes PE, cujas dimensões, meramente enunciativas, com relação ao galpão é de 20m x 35m (vinte metros por trinta e cinco metros), bem este que passa a ser, aqui, identificado como Galpão nº 04 (quatro), ao qual se antecede três outros galpões, também de propriedade da LOCADORA, estes três não incluídos nesta locação, sendo que o Galpão nº 04 (quatro) é o quarto deles na direção sentido cidade do Cabo/Recife, cujo Galpão de nº 04 (quatro) é o único que é objeto desta locação, juntamente com a faixa do terreno lateral oposto aos demais galpões, a qual tem também a dimensão de 20m x 35m (vinte metros por trinta e cinco metros), e que ora são locados (Galpão nº 04 e faixa de terreno), no estado em que se acham, sendo que o Galpão com sua construção final ainda por concluir, cujos serviços necessários à sua conclusão deverão ser executados apenas no Galpão nº 04, às expensas exclusivas e sob sua inteira responsabilidade da LOCATÁRIA, como condição do presente contrato de locação, sem direito à reembolso, indenização ou retenção, tudo pelo preço, prazo e demais condições constantes das cláusulas que se seguem. [...]


[...] DÉCIMA QUINTA DA TOLERÂNCIA Qualquer tolerância ou concessão da LOCADORA para com alguma inadimplência da LOCATÁRIA não importará, de forma alguma, em novação ou alteração dos termos deste contrato, que somente por igual instrumento poderá ser aditado ou modificado, cuja formalidade escrita é aqui instituída como da substância deste ato jurídico. DÉCIMA SEXTA DA COMUNICAÇÃO ENTRE AS PARTES As comunicações entre as partes contratantes deverão ser feitas sempre por escrito, em forma epistolar, cuja entrega da correspondência e ciência de seu conteúdo se fará através de protocolo ou simplesmente com a remessa pelos Correios com Aviso de Recebimento firmado pela parte ou seu preposto, desde que corretamente endereçada. [...]

Mais Vendidos direito dos negócios

A nova lei de falência

 Direito e contrato   |  Dos negócios   |  Estudo   |  01/11/2006   |  BR   |   .doc   |   11 páginas

Uma visão do direito comercial

 Direito e contrato   |  Dos negócios   |  Estudo   |  04/05/2008   |  BR   |   .pdf   |   22 páginas

Últimos trabalhos direito dos negócios

Direito comercial no Brasil e no mundo

 Direito e contrato   |  Dos negócios   |  Estudo   |  21/03/2010   |  BR   |   .doc   |   9 páginas

Títulos de crédito

 Direito e contrato   |  Dos negócios   |  Estudo   |  28/02/2010   |  BR   |   .doc   |   30 páginas