Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Instrumento particular de transferência de cotas

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
direito dos...
Faculdade
UNIVERSO

Informações do trabalho

Paulo M.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
exemplos de contrato
Número de páginas
3 páginas
Nível
Especializado
Consultado
145 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. transferência de cotas

DA TRANSFERÊNCIA ? Os CEDENTES transferem suas cotas-parte, totalmente integralizadas no capital social, que perfazem o valor total de R$ 110.000,00 (cento e dez mil reais), diretamente ao CESSIONÁRIO ou a outra pessoa que venha este a desejar.

PARÁGRAFO PRIMEIRO ? Os CEDENTES se comprometem a outorgar procuração pública, nomeando o CESSIONÁRIO como seu bastante procurador, com poderes gerais, irrevogáveis, irretratáveis, sem prazo e sem futura prestação de contas, para os representar e assinar o instrumento de alteração contratual da sociedade e demais documentos que se façam necessário em todo o trâmite da transferência das cotas.

PARÁGRAFO SEGUNDO ? A presente transferência, neste ato consubstanciada, se faz com a concordância expressa de ambos os sócios, declarando também, que foram notificados da transferência e não tiveram interesse na compra das referidas cotas, nos moldes da legislação vigente.

PARÁGRAFO TERCEIRO ? Salienta-se que, não há quaisquer pendências ou ônus pendentes sobre a referida cota-parte.

[...] PARÁGRAFO SEGUNDO O COMPRADOR se responsabilizará pelos débitos anteriores à transferência das cotas, regularmente contabilizados, continuando os CEDENTES como devedores solidários pelo prazo de 1 ano, contado da publicação, quanto aos créditos vencidos, e do vencimento, quanto aos demais[1]. PARÁGRAFO TERCEIRO O CESSIONÁRIO se sub-rogará nos contratos firmados pelos CEDENTES para exploração da atividade comercial da sociedade, que tem como objeto social a prestação de serviços de vigilância armada (ostensiva) e desarmada (simples)[2]. SEXTA DA MULTA Caso alguma das partes não cumpra o disposto nas cláusulas estabelecidas neste instrumento, responsabilizar-se-á pelo pagamento de multa equivalente a 10% (dez por cento) do valor ora contratado. [...]

Mais Vendidos direito dos negócios

A nova lei de falência

 Direito e contrato   |  Dos negócios   |  Estudo   |  01/11/2006   |  BR   |   .doc   |   11 páginas

Uma visão do direito comercial

 Direito e contrato   |  Dos negócios   |  Estudo   |  04/05/2008   |  BR   |   .pdf   |   22 páginas

Últimos trabalhos direito dos negócios

Direito comercial no Brasil e no mundo

 Direito e contrato   |  Dos negócios   |  Estudo   |  21/03/2010   |  BR   |   .doc   |   9 páginas

Títulos de crédito

 Direito e contrato   |  Dos negócios   |  Estudo   |  28/02/2010   |  BR   |   .doc   |   30 páginas