Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Ciclo estral dos animais domésticos

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
direito...
Faculdade
Fumesc

Informações do trabalho

JuliO L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
30 páginas
Nível
Para todos
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. INTRODUÇÃO
    1. CICLOS REPRODUTIVOS
    2. Puberdade
    3. Ciclos estrais
    4. FATORES QUE INFLUENCIAM OS CICLOS REPRODUTIVOS
  2. PROESTRO (FASE DE MATURAÇÃO FOLICULAR)
  3. ESTRO (CIO)
  4. METAESTRO (FASE DO CORPO LÚTEO)
  5. DIESTRO
    1. FOTOPERÍODO
    2. TEMPERATURA
    3. NUTRIÇÃO
    4. FEROMÔNIOS
    5. SOM
    6. VISÃO
    7. CONTATO FÍSICO
  6. O CICLO ESTRAL NA VACA
    1. INTRODUÇÃO
    2. FATORES QUE INFLUENCIAM OS CICLOS REPRODUTIVOS
    3. CICLO ESTRAL
  7. MODIFICAÇÕES HORMONAIS
  8. FATORES QUE INFLUENCIAM O CICLO
  9. O CICLO ESTRAL
    1. PROESTRO ESTRO
    2. DIESTRO METAESTRO
  10. CICLO ESTRAL DA OVELHA E CABRA
    1. PUBERDADE
    2. CICLO
  11. Ciclo Reprodutivo em Porcas
    1. FATORES QUE INFLUENCIAM O CICLO
    2. CICLO ESTRAL DA PORCA
  12. SINCRONIZAÇÃO DO CIO
  13. Ciclo Estral da Cadela
    1. INTRODUÇÃO
    2. PROESTRO
    3. ESTRO
    4. DIESTRO E METAESTRO
    5. ANESTRO
  14. O CICLO ESTRAL DAS GATAS DOMÉSTICAS
    1. PECULIARIDADES ANATÔMICAS
    2. FOTOPERIODISMO
    3. FEROMÔNIOS
    4. O CICLO ESTRAL
  15. CONCLUSÃO
  16. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS

1.1) CICLOS REPRODUTIVOS:

O ciclo reprodutivo refere-se a vários fenômenos: puberdade e maturidade sexual, estação de monta, ciclo estral, atividade sexual pós-parto e idade. Estes componentes são regulados por fatores tais como ambiente, genética, fisiologia, hormônios, comportamento e psicológico.

1.1.1) Puberdade:

De um ponto de vista prático, um animal macho ou fêmea atinge a puberdade quando estiver capaz de liberar gametas e de manifestar umas seqüência completa de comportamento sexual. A puberdade é basicamente o resultado de um ajuste gradual entre atividade crescente gonadotrófica e a habilidade das gônadas em assumir simultaneamente a esteroidogênese e a gametogênese.
Em condições de criações normais a puberdade ocorre com cerca de 3 a 4 meses de idade em coelhas; 6 a 7 meses em ovinos, caprino e suínos; 12 meses em bovinos e 15 a 18 meses em eqüinos. Porém o início da puberdade está mais intimamente relacionado ao peso do corpo do que à idade. Os níveis nutricionais controlam a idade na puberdade. Se o crescimento for acelerado pela superalimentação, o animal atinge a puberdade numa idade mais jovem. Por outro lado, se o crescimento for mais vagaroso devido à subalimentação a puberdade será retardada.
A eficiência reprodutiva plena não é atingida em qualquer espécie durante o primeiro cio ou ejaculação. Há um período de "esterilidade adolescente". Este período é relativamente curto ( algumas semanas) nos animais domésticos.

1.1.2) Ciclos estrais:

Correspondem aos fenômenos rítmicos observados em todos os mamíferos ( exceto alguns primatas), nos quais há períodos regulares mas limitados de receptividade sexual, que ocorrem a intervalos característicos para cada espécie. Um intervalo de ciclo é definido como um período de tempo a partir do início de um período de receptividade sexual, até o seguinte ou como o intervalo entre sucessivas ovulações.
Os processos periódicos que ocorrem nos órgãos reprodutores influenciam o organismo em geral e também influenciam o comportamento e o metabolismo. A duração e evolução do ciclo genital nos animais domésticos apresentam diferenças consideráveis. Para a fisiologia comparada, a divisão do ciclo genital nas seguintes fases mostrou ser eficaz:

[...] CICLO ESTRAL DA PORCA PUBERDADE A porca atinge a puberdade com aproximadamente 6 a 7 meses de vida. A primeira ovulação é acompanhada por receptividade sexual. CICLO As porcas são poliestrais, isso quer dizer que seus ciclos se sucedem regularmente ao longo de todo o ano, com intervalos de aproximadamente 21 dias (entre 18 e 23 dias) . A alteração física mais evidente nesses animais no estro é o enrigecimento da vulva que adquire uma aparência edemaciada até o ponto que a fenda vulvar tende a ficar aberta. [...]


[...] A duração dos estágios do ciclo estral são as mais variadas e podem ser de 1 a 6 meses. Durante o anaestro, a vagina está relativamente pequena e as estruturas são simples. As dobras vaginais são baixas e arredondadas. O vestíbulo é simplesmente uma única dobra ventral e a área rugosa está sem sinais distintivos e quase liso. A parede vaginal está fina e tem uma cobertura mucosa escassa. Está particularmente sensível a traumas induzidos por vaginoscopia neste estágio. A cor é levemente vermelho escuro como nos outros estágios. [...]


[...] O CICLO ESTRAL Os processos periódicos que ocorrem durante o ciclo estral influenciam de maneira significativa o metabolismo e comportamento dos animais. Os estágios do ciclo estral nas gatas e suas fases fisiológicas correspondentes são: proestro e estro ( fase folicular estro e diestro ( fase lútea e anestro ( fase quiescente O interestro é uma quinta fase que corresponde ao intervalo entre dois períodos estrais sucessivos, se não houver ovulação. Fases do ciclo estral: Proestro Período em que os machos são atraídos por fêmeas não receptivas. [...]

Mais Vendidos direito (outro)

Direiro Ambiental

 Direito e contrato   |  Outro   |  Estudo   |  25/11/2013   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Direito Comercial

 Direito e contrato   |  Outro   |  Estudo   |  25/11/2013   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Últimos trabalhos direito (outro)

Direito Comercial

 Direito e contrato   |  Outro   |  Estudo   |  25/11/2013   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Direiro Ambiental

 Direito e contrato   |  Outro   |  Estudo   |  25/11/2013   |  BR   |   .doc   |   5 páginas