Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

O Federalista

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
direito...
Faculdade
Universidad...

Informações do trabalho

Diego M.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
6 páginas
Nível
Para todos
Consultado
9 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
1 Avaliaçao cliente
4
escrever um comentário
  1. Jay- as vantagens naturais da União
  2. Hamilton- a União como barreira contra facções e insurreições
  3. Madison- O tamanho e as diversidades da União como um obstáculo às facções
  4. Hamilton- Defeitos da Confederação
  5. Madison- freios e contrapesos
  6. Hamilton- Os juízes como guardiões da Constituição
  7. Hamilton- Conclusões
  8. Madison- As bases populares da Câmara dos deputados
  9. Madison- A natureza e a influencia estabilizadora do Congresso
  10. Madison- A necessidade de um senado

Este trabalho tem por objetivo retratar sobre os textos federalistas. Com as idéias de Hamilton, Jay e Madison.
Esses textos têm por objetivo achar uma nova forma de estruturação para o governo americano da época. Dessa forma os pontos positivos e negativos a respeito de cada forma de governo são apontados de maneira que o entendimento se torna fácil e rápido.

[...] A harmonização dos diferentes interesses em choque constitui a principal tarefa da legislação moderna e envolve o espírito de partido e facção nas atividades necessárias e cotidianas de governo. Porém, é inútil dizer que estadistas esclarecidos serão capazes de ajustar os interesses conflitantes e de torná-los subordinados ao bem público. Nem sempre estes estarão no poder. A conclusão a que somos levados é que as causas da facção não podem ser removidas e que o remédio a ser buscado encontra-se nos meios de controlar seus efeitos. [...]


[...] Quando o Estado federalista foi criado, o povo estava tendo suas casas queimadas, os cidadãos estavam morrendo em guerras, então, não é de se admirar que um governo criado em situação tão hostil, ao ser posto a prova se revele por demais deficiente e inadequado aos fins a que se propunha alcançar. Este povo astutamente percebendo as falhas e estando persuadido de que uma completa segurança para a União e para a liberdade somente poderia ser obtida através de um governo nacional melhor estruturado, convocou a última Convenção da Filadélfia. [...]


[...] Assim, é mais fácil da opinião publica extremada pelos representantes do povo, seja mais condizente com o bem geral do que se expressa pelo próprio povo, convocado para esse fim. Por outro lado, pode acontecer o oposto, pessoas facciosas poderão pela intriga, pela corrupção inicialmente conseguir votos e depois trair os interesses do povo. A questão pertinente é se pequenas republicas são mais propícias do que as grandes à eleição de adequados guardiões do bem-estar publico; a resposta é a favor das grandes por 2 motivos; primeiro, deve-se observar que por menor que seja a republica seus governantes não podem ser poucos para evitar conspirações; e por maior que ela seja não deve ter um numero muito elevado de participantes para evitar confusão das multidões. [...]

Mais Vendidos direito (outro)

Direiro Ambiental

 Direito e contrato   |  Outro   |  Estudo   |  25/11/2013   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Direito Comercial

 Direito e contrato   |  Outro   |  Estudo   |  25/11/2013   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Últimos trabalhos direito (outro)

Direito Comercial

 Direito e contrato   |  Outro   |  Estudo   |  25/11/2013   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Direiro Ambiental

 Direito e contrato   |  Outro   |  Estudo   |  25/11/2013   |  BR   |   .doc   |   5 páginas