Ou baixar através de : Permuta

Informações sobre o autor

Gerente Administrativo
Nível
Especializado
Estudo seguido
Bacharel em...

Informações do trabalho

Data de Publicação
17/12/2008
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
6 páginas
Nível
Especializado
Consultado
0 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário

Economia - história do pensamento econômico com ênfase no capitalismo

1 INTRODUÇÃO

Em economia, desde tempos primórdios tivemos uma evolução do pensamento econômico, podendo dividi-lo em dois períodos, que são o período Pré-moderno e Moderno e. Foi a partir do surgimento da Modernidade que a analise econômica se desenvolveu, dando continuidade até os dias atuais.
Neste estudo iremos descrever a sua evolução, com ênfase especial sobre um dos sistemas econômicos, que é o Capitalismo.

2 REFERENCIAL TEÓRICO

- O pensamento econômico pré-moderno
Aristóteles foi um dos filósofos antigos mais importantes que fizeram observações de cunho econômico. Neste mesmo período os árabes medievais também deram apoio para a compreensão da economia, podemos citar Ibn Khaldun de Tunis (1332-1406) que escreveu a teoria política e econômica em seu Prolegomena apontando, por exemplo, como a densidão da população é relacionada com a divisão do trabalho levando ao crescimento econômico que, por sua vez, acarreta a uma população maior, formando um círculo virtuoso. Em seguida os pioneiros do oeste da economia, entraram nos debates da teologia escolástica durante a idade média. Um importante ponto de discussão foi a determinação do preço justo dos produtos. Nas guerras religiosas acompanhando a Reforma protestante no século XVI outras idéias sobre livre comércio surgiram, mais tarde ordenadas em termos legais por Hugo de Groot ou Grotius.

- O pensamento econômico moderno: A Economia e o Pensamento Político
Através das histórias dos pensamentos políticos, outras idéias políticas foram agregadas com diferentes escolas de pensadores sobre a operação econômica. Adam Smith aproveitou suas teorias de comércio e da divisão do trabalho para discutir políticas econômicas do governo, individualmente contra o mercantilismo. De forma parecida Marx também desenvolveu suas teorias onde estão focalizadas a produção e o trabalho, para evidenciar o socialismo e comunismo. E, por fim, a Economia Participativa foi outro sistema econômico desenvolvido recentemente.

Capitalismo:
• É um sistema econômico em que os meios de produção e distribuição estão sob comando de particulares ou de empresas e o desenvolvimento é obtido pelo acúmulo e posterior inversão dos lucros obtidos.
• O Capitalismo tem predomínio sob todo o capital, sob todo o dinheiro, onde os meios de produção pertencem a sociedades privadas ou a particulares.
O capitalismo tem seus princípios formados na Europa. As suas características aparecem desde a baixa idade média com a passagem do centro da vida econômica social e política dos feudos para a cidade. Neste período o feudalismo sofria uma grave crise provinda da catástrofe demográfica causada pela Peste Negra que puniu 40% da população européia e pela fome que afligia o povo. Após isso, com o comércio reativado pelas Cruzadas e a Europa passando por um forte desenvolvimento urbano e comercial fizeram com que a produção capitalista se multiplicasse, alastrando as bases do feudalismo.
Na Idade Moderna o mercantilismo e o absolutismo tomaram posse com o poderio econômico e político dos reis. A crise do sistema absolutista foi resultado do enriquecimento da burguesia, que mantinha em seu poder os meios de produção, contestando assim o poder do rei.

[...] No século XIV e XV, desencadeia-se o processo de declínio do feudalismo, tendo em toda a Europa a crise econômica, crise política e religiosa. O decurso de crises do final da Idade Média desencadeou mudanças estruturais na sociedade européia, pois esta precisava crescer economicamente, expandindo- se e buscando novas soluções para os problemas internos. Foi, portanto, com o sistema capitalista que nascia, onde se encontraram as soluções para atender a essas necessidades. O desenvolvimento do capitalismo foi estimulado pelo alargamento marítimo- comercial da Europa, nos séculos XV e XVI. [...]


[...] Podemos dizer, portanto, que os investimentos realizados pelos grandes conglomerados procuravam facilitar, principalmente, a exploração das matérias-primas nos centros produtores que forneciam para eles, ou que poderiam fornecer, para as potências que estavam se industrializando CONCLUSÃO Este estudo pode nos dar uma visão acerca do pensamento econômico, suas fases e a grande parcela do capitalismo como avanço da economia. Teve inicio com o pensamento pré-moderno e em seguida o moderno, dando continuidade com o avanço do capitalismo como forma de organizar melhor a atividade economia desde tempos antigos quanto aos recentes. Portanto, podemos perceber que o Capitalismo incentivou a economia, ditando regras de divisão do trabalho e geração de riqueza. Vimos, também, que o capitalismo fez com que a Inglaterra rompesse com o sistema feudal, abrindo campo [...]

...

Últimos trabalhos economia

Contribuição Sindical

 Economia e finanças   |  Economia   |  Estudo   |  21/11/2012   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Vantagens de Negocições Extrajudiciais

 Economia e finanças   |  Economia   |  Estudo   |  01/12/2011   |  BR   |   .doc   |   27 páginas
Compra e venda de trabalhos acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.