Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Globalização do comércio internacional

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
direito...
Faculdade
Fumesc

Informações do trabalho

JuliO L.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
19 páginas
Nível
Para todos
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Razões para a internacionalização
  2. Globalização
  3. Experiência exportadora e internacionalização das empresas brasileiras
  4. Ações para adaptar-se ao ambiente competitivo internacional
  5. Principais resultados do processo de internacionalização
  6. ALCA - Área de livre comércio das américas

No contexto organizacional atual, as empresas buscam melhores tecnologias e desenvolvem ferramentas para facilitar a prática de seus processos mercadológicos.
Atualmente a Logística é uma ferramenta essencial no mundo globalizado, onde a tecnologia da informação está disseminada em todo o mundo e onde a comunicação permite a ligação simultânea de toda cadeia de distribuição. Dessa forma as empresas devem procurar o melhor nível de eficiência e eficácia possível, gerando agilidade e facilidade de seus processos.
O crescimento do sistema financeiro internacional constitui uma das principais características da globalização. A globalização remove as barreiras a livre circulação mercadológica, o que transforma as empresas em todo o mundo com vantagens e desvantagens praticamente iguais. O que vai diferenciar as organizações em todo o planeta será o seu poder de caminhar junto a novas tecnologias desenvolvidas dentro desse sistema.
O trabalho a seguir, mostrará a influência da globalização no sistema logístico de todo o mundo. Também mostrará o desempenho e a eficácia desse processo dentro e fora das organizações, através do estudo de caso prático ocorrido dentro de uma empresa. Com a crescente liberalização internacional das atividades comerciais e industriais e com o acentuar da concorrência por cima das fronteiras políticas, a internacionalização da atividade empresarial preocupa hoje grandes e pequenas empresas, não se restringindo a um pequeno número das mais ousadas ou especialmente vocacionadas para as atividades externas.
Por outro lado, as formas de internacionalização deixaram de ser apenas a tradicional exportação para um cliente distante e mais ou menos desconhecido ou a abertura de uma filial no exterior para aproveitamento das vantagens comparativas do país hóspede, para se repartir por formas tão diversas como o comércio intra-empresa, característica das empresas multinacionais, os investimentos cruzados entre empresas de diversos países, mas, sobretudo variados tipos de acordos de cooperação industrial ou comercial em que participam empresas de diversas dimensões, empresas financeiras, governos, instituições supra-nacionais, entre outros.
Pode acontecer, inclusive, que a internacionalização, por parte de certa empresa, deva iniciar-se não pela exportação de bens ou serviços mas logo pela aquisição ou criação de uma unidade produtiva no país de destino.
Se os custos de transporte são elevados, se há barreiras significativas à importação, ou simplesmente se os custos de produção do país de destino são significativamente menores que no país de origem, então pode muito bem acontecer ser vantajoso empreender desde logo uma estratégia de investimento nesse país em vez de procurar previamente exportar.

[...] Esta tendência é confirmada pelos fluxos de investimento internacional que, nos últimos anos, superaram a dinâmica do comércio internacional. Isto implica, por sua vez, profundas alterações nos mercados e no funcionamento dos mesmos: normas e padrões orientados para a perspectiva mundial e não nacional ou regional, sistemas de informação globais e instituições de governação comuns à escala mundial, como é o caso da Organização Mundial do Comércio - OMC) e do Fundo Monetário Internacional - (FMI). A possibilidade de ocorrência de crises financeiras como a que começou na Ásia e ameaça estender-se a outros continentes ou mesmo à escala mundial, tem levantado a questão do reforço ou da reforma de organismos coordenadores à escala mundial já que os existentes (OMC, FMI, por exemplo), ou com as regras atuais, se mostram incapazes de dar resposta às necessidades de cooperação e de gestão dessas mesmas crises Por que meios se processa a globalização O primeiro é pela liberalização dos mercados. [...]


[...] Por outro lado, as formas de internacionalização deixaram de ser apenas a tradicional exportação para um cliente distante e mais ou menos desconhecido ou a abertura de uma filial no exterior para aproveitamento das vantagens comparativas do país hóspede, para se repartir por formas tão diversas como o comércio intra-empresa, característica das empresas multinacionais, os investimentos cruzados entre empresas de diversos países, mas, sobretudo variados tipos de acordos de cooperação industrial ou comercial em que participam empresas de diversas dimensões, empresas financeiras, governos, instituições supra-nacionais, entre outros. [...]


[...] O grau de avanço das empresas nessa escala é, simultaneamente, uma medida do seu sucesso e uma necessidade imposta pela globalização da economia. Neste sentido, a multinacionalização e a globalização são exigências crescentes para o aumento da competitividade das empresas nos mercados internacionais. As multinacionais brasileiras são ainda a exceção. Grande parte das empresas encontra-se nos estágios iniciais de internacionalização, sendo que algumas revelam disposição para evoluir no sentido da adoção de formas mais arrojadas para este processo. As grandes empresas brasileiras internacionalizaram-se pela via da exportação. [...]

Estes documentos podem interessar a você

A globalização no comercio

 Economia e finanças   |  Economia   |  Monografia   |  27/11/2006   |  BR   |   .doc   |   59 páginas

A administração das diferenças culturais no comércio internacional

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  30/11/2007   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Mais Vendidos economia

Economia e direito

 Economia e finanças   |  Economia   |  Estudo   |  21/09/2006   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

A quantificação da realidade econômica

 Economia e finanças   |  Economia   |  Dissertação   |  17/12/2008   |  BR   |   .doc   |   3 páginas