Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
direito...
Faculdade
Uniban

Informações do trabalho

Data de Publicação
01/05/2007
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
12 páginas
Nível
Para todos
Consultado
162 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário

Carbono 14

  1. Carbono
    1. Propriedades físicas e químicas
    2. Propriedades físicas e químicas
    3. Compostos orgânicos
    4. Compostos inorgânicos
    5. Aplicações
  2. Carbono 14
    1. Datação pelo método de Carbono 14
  3. Curiosidades
    1. Principais estudos realizados com Carbono 14
  4. Ilustrações

Ganhador do premio Nobel de Química em 1960, Willard F. Libby foi o cientista que, em 1949, na revista Science, publicou um artigo sobre a datação com radiocarbono. Três anos depois, ele registrara em seu livro Radiocarbon Dating baseada no carbono 14 - elemento essencial na composição dos organismos vivos.
Willard F. Libby, que era químico, utilizou em 1947 um contador de Geiger para medir a radioatividade do C-14 existente em vários objetos. Este é um isótopo radioativo instável, que decai a um ritmo perfeitamente mensurável a partir da morte de um organismo vivo. Libby utilizou objetos de idade conhecida e comparou esta com os resultados de sua radiodatação. Os diferentes testes realizados demonstraram a viabilidade do método até cerca de 70 mil anos.

[...] O carbono 14 origina-se da ação da radioatividade cósmica. Como os seres vivos assimilam os elementos da atmosfera, têm em seu organismo, enquanto vivem, uma proporção de carbono 14 igual à da atmosfera. Ao morrerem, deixam de trocar matéria com o meio e o carbono 14 começa a se desintegrar em seus restos, transformando-se em seu isótopo comum. Desse modo, ao fim de 5.600 anos, a proporção de carbono 14 fica reduzida à metade. Determinado o conteúdo de carbono 14 de um fóssil, pode-se calcular com relativa precisão de que época ele data. [...]


[...] Determinado o conteúdo de carbono 14 de um fóssil, pode-se calcular com relativa precisão de que época ele data. Esse método, porém, não é aplicável a antiguidades superiores a 25.000 anos, pois este é o tempo de desintegração total do carbono 14. - Datação pelo método de Carbono 14 O carbono é utilizado para verificar a idade de um objeto fóssil, ex: madeira carbono, sedimentos orgânicos, ossos, conchas marinhas e todo material que apresenta o carbono. A datação (ver figura 9 na pág.11) é feita medindo a radioatividade existente em objetos como os citados acima, pois o C-14 é um isótopo radioativo instável que decai a um ritmo perfeitamente mensurável a partir da morte de um organismo vivo, todos os seres vivos apresentam um certo teor fixo de C-14, após sua morte essa quantidade começa a diminuir, nesse processo perde-se metade de sua massa a cada 5.730 anos, passando-se 70 mil anos o nível de radioatividade encontra-se muito baixa, dificultando assim uma medição mais precisa. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

Sistema cardiovascular

 Biologia e medicina   |  Biologia   |  Estudo   |  01/09/2006   |  BR   |   .doc   |   14 páginas

Embriologia cardiaca

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  11/12/2006   |  BR   |   .doc   |   25 páginas

Últimos trabalhos física/química

Manuseio de um bico de bunsen - trabalhos com bastão de vidro

 Engenharia e tecnologias   |  Física & química   |  Estudo dirigido   |  09/06/2008   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

Esterilização de vidraria

 Engenharia e tecnologias   |  Física & química   |  Dissertação   |  17/03/2008   |  BR   |   .doc   |   8 páginas
Compra e venda de trabalhos acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.