Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Mapas conceituais aplicados ao ensino de física

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

Cleber T.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
monografia
Número de páginas
25 páginas
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Referência teórica sobre tipos de educação
    1. Tipos de educação e suas perspectivas
  3. Aprendizagem significativa de ausubel
    1. Processo de aprendizagem
    2. Origem dos subsunçores
    3. Condições de ocorrência da aprendizagem significativa
    4. A avaliação
    5. Tipos de aprendizagem significativa
  4. Referência teórica sobre mapas conceituais
    1. Mapas conceituais
    2. Construção de mapas conceituais
    3. Uso de mapas conceituais
    4. Finalidade dos mapas conceituais
  5. Mapas conceituais como objeto de pesquisa
    1. Experiências com mapas conceituais

O ensino-aprendizagem de Física insere-se no currículo de Ciências da Natureza e suas Tecnologias, e representa em suas formalidades, um caminho para os alunos aprofundarem seus conhecimentos em diversos temas, relacionados a um melhoramento da capacidade de abstração e em suas aplicabilidades, quer seja na experimentação, quer seja na pesquisa em busca do domínio de novas tecnologias.
Há reconhecimento de que existem paradigmas negativos na condução dos processos de ensino-aprendizagem da ciência, de onde ressalta a física. De acordo com Acosta (2004), existem alguns elementos próprios desses paradigmas negativos, descritos a seguir:
? O professor geralmente se conduz na classe como o único elemento ativo, deixando os estudantes em segundo plano;
? O uso incorreto da linguagem própria desta disciplina por parte do mediador afeta significativamente os resultados esperados, já que priva os estudantes de construírem e manipularem por si mesmos, expressões, categorias, princípios, leis e conceitos que demonstram a essência dos fenômenos físicos que se estudam na sala de aula;
? De forma igual, pode mencionar o abuso de problemas-modelo como possível fator que incentiva o mecanicismo: os alunos memorizam procedimentos de resolução sem raciocinar corretamente a estratégia que deve ser seguida.

[...] Mapas conceituais Mapas conceituais, ou mapas de conceitos, são diagramas que indicam relações entre conceitos, ou entre palavras que usamos para representar esses conceitos. Propõe-se como uma estratégia que vem facilitar sensivelmente uma aprendizagem significativa. Apesar dos mapas normalmente terem uma organização hierárquica muitas vezes, incluírem setas para ligar os conceitos, tais diagramas não devem ser confundidos com organogramas ou diagramas de fluxo, pois não implicam seqüência, temporalidade ou direcionalidade, nem hierarquias organizacionais ou de poder. Exemplos de mapas conceituais podem ser conferidos nas figuras 1 e apresentadas a seguir: Fig Mapa conceitual ?hiperfísica?. [...]


[...] Os mapas conceituais são potentes ferramentas pedagógicas capazes de evidenciar significados presentes no currículo, permitindo uma aprendizagem dinâmica de conceitos que evoluem na estrutura cognitiva do aluno, apoiados em conceitos já existentes e que, tratados de forma articulada nos seus níveis de abstração, concretizam o nosso cotidiano. REFERÊNCIAS Acosta, Jesús Humberto Cuevas. Enseñanza de la física basada em mapas conceptuales. Revista Digital de Educación y Nuevas Tecnologias. Número 33, Año V Ausubel, David; Hanesian, Helen; Novak, Joseph. Psicologia educacional. Interamericana. [...]


[...] Para que esse ensino em Física contribua de forma efetiva na educação, é preciso atribuir algumas condições básicas. Existe a fundamentação teórica que argumenta o currículo, ou seja, o conhecimento teórico em si composto por leis, códigos, conceitos etc. descritos nos mais variados tópicos que compõem os temas. Mesmo amparado nessas fundamentações teóricas, a partir de uma análise de forma mais reflexiva, vamos desencadear em várias e constantes críticas relatadas a seguir: Escassez no tempo para cumprir os conteúdos programados, e já planejados, no currículo; Descontextualização e falta de interdisciplinaridade; Generalizações de conceitos e falta de aprofundamento nas especificidades dos temas; O ensino planejado fica à mercê da seqüenciação dos livros e demais materiais pedagógicos, limitando assim a liberdade de se trabalhar a articulação transversal. [...]

Mais Vendidos física/química

Manuseio de um bico de bunsen - trabalhos com bastão de vidro

 Engenharia e tecnologias   |  Física & química   |  Estudo dirigido   |  09/06/2008   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

Últimos trabalhos física/química

Manuseio de um bico de bunsen - trabalhos com bastão de vidro

 Engenharia e tecnologias   |  Física & química   |  Estudo dirigido   |  09/06/2008   |  BR   |   .doc   |   10 páginas

Esterilização de vidraria

 Engenharia e tecnologias   |  Física & química   |  Dissertação   |  17/03/2008   |  BR   |   .doc   |   8 páginas