Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Benchmarking

Informações sobre o autor

Web Designer
Nível
Especializado
Estudo seguido
Técnico em...

Informações do trabalho

Bruno P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
22 páginas
Nível
Especializado
Consultado
271 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Definição de Benchmarking
    1. Definição de Benchmarking
    2. Como surgiu o Benchmarking
  2. Quem, o que e por que do Benchmarking ?
    1. Por que fazer Benchmarking ?
    2. Benchmarking de quem ?
    3. De onde obter as informações de Benchmarking ?
    4. Como fazer o Benchmarking ?
  3. Aplicação do Benchmarking
  4. Tipos de Benchmarking
    1. Benchmarking interno
    2. Benchmarking competitivo
    3. Benchmarking genérico
    4. Benchmarking funcional
  5. Benchmarks qualitativos e quantitativos
    1. Desafios e problemas
    2. Falta de patrocínio
    3. Formação da equipe
    4. Equipes que não compreendem bem seu próprio trabalho
    5. Equipes que almejam demais
    6. Gerentes que não compreendem o comprometimento necessário
    7. Enfocando medições numéricas ao invés de processos
    8. Mal entendimento da missão, metas e objetivos da organização
    9. Assumindo que todo projeto necessita de visitas de outras empresas
    10. Não monitorar o benchmarking
  6. Ética do Benchmarking
    1. Exemplos de Benchmarking em empresas
    2. Xerox "The Document Company"
    3. Nec do Brasil S/A
    4. Produtos Avon

Os Japoneses têm uma palavra para o fenômeno : dantotsu. Isso significa lutar para tornar-se o "melhor do melhor" 1, com base num processo de alto aprimoramento que consiste em procurar, encontrar e superar os pontos fortes dos concorrentes. No Ocidente esse conceito enraizou-se numa nova abordagem de planejamento estratégico. Durante a última década, ele tem produzido resultados impressionantes em companhias como a Xerox, a Ford e a IBM. O Benchmarking, como é conhecido, tornou-se o assunto mais falado e menos entendido no debate sobre qualidade.
Benchmarking é um processo de pesquisa que permite aos administradores realizar comparações de processos e práticas "companhia-a-companhia"2 para identificar o melhor do melhor e alcançar um nível de superioridade ou vantagem competitiva. Ao contrário de outras ferramentas de planejamento, o Benchmarking encoraja as companhias a procurar, além de suas próprias operações ou indústrias, por fatores-chaves que influenciem a produtividade e os resultados. Essa filosofia pode ser aplicada a qualquer função, o que geralmente produz melhores resultados quando implementado na companhia como um todo.

[...] Entretanto, referenciais quantitativos e qualitativos para o benchmarking não são categorias relevantes. Existem várias ferramentas para se converterem as características qualitativas em números ou se abordá-las numericamente, mas esses expedientes jamais terão a precisão de um "micrômetro"1 para respaldá-las. No desenvolvimento de medições de benchmarking, o objetivo é obter um indicador que seja o mais preciso possível, sem perder as visões fundamentais oferecidas pelos índices qualitativos. Para que um dos dois referenciais possam ser usados é necessário que o analista saiba como os itens individuais foram manipulados, que métodos de controle de estoques foram usados, quaisquer fusões ou aquisições que possam ter distorcido o desempenho, e uma ampla gama de outros fatores. [...]


[...] fim de enfrentar o desafio competitivo japonês dos anos 70, o Benchmarking incorpora a busca da excelência, o desejo de ser melhor dos melhores"1. A técnica de benchmarking visa portanto, o desenvolvimento de estudos que comparem o desempenho com a concorrência e com referenciais de excelência, objetivando o atingimento de uma posição de liderança em Qualidade. Estes estudos, organizados em projetos, devem identificar serviços e processos de alto nível de Qualidade em outras empresas, ou setores da própria empresa, avaliar como tais resultados são obtidos, e incorporar o conhecimento, quando aplicável à seus processos e serviços. [...]


[...] O benchmarking fornece o primeiro passo desse processo vital. Por Que Fazer Benchmarking ? Uma empresa deve praticar o benchmarking porque deseja atingir uma capacidade competitiva de nível internacional, porque deseja prosperar em uma economia global e ainda porque deseja sobreviver. A pergunta a ser formulada portanto, não é Por que deveríamos praticar o benchmarking?, mas Como conseguimos não fazê-lo? Em uma era de mudanças aceleradas, competição global crescente e tolerância reduzida para a ineficiência e falta de eficácia, o benchmarking não é uma atividade opcional; ele é necessário em todos os níveis da organização, todos os dias. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Benchmarking

 Administração e marketing   |  Marketing   |  Artigo   |  01/09/2006   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Benchmarking

 Administração e marketing   |  Marketing   |  Monografia   |  10/09/2006   |  BR   |   .doc   |   23 páginas

Mais Vendidos informática

Projeto Integrado Multidisciplinar

 Engenharia e tecnologias   |  Informática   |  Estudo   |  04/06/2013   |  BR   |   .doc   |   7 páginas