Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Redes de infravermelho

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
direito...
Faculdade
UNITRI

Informações do trabalho

FRANCISCO CARLOS S.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
17 páginas
Nível
Para todos
Consultado
330 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Sua história
  2. Barramento infravermelho (IRDA)
  3. Suas características
  4. Análises das redes de infravermelho
  5. Estudo de caso sobre o tema
  6. Vantagens e desvantagens da tecnologia
  7. Organizações dos dados
  8. Protocolos de comunicação

A transmissão de dados sem fio (Wireless), está tornando-se possível entre computadores e periféricos através de vários meios, um deles é o Infravermelho ou IrDA (Infrared Data Association).
Os padrões IrDA foram desenvolvidos rapidamente comparado a outros padrões. Porém não tem alcançado todos os cantos do universo em sistemas e periféricos. Este papel deve-se a uma avaliação dos protocolos IrDA com comentários no uso em sistemas e periféricos.
A Associação de Dados Infravermelho (IrDA) é um grupo de mais de 150 companhias que especialmente desenvolveram padrões de comunicação de baixo custo.
Estes padrões foram implementados em várias plataformas de computador e mais recentemente ficou disponível para muitas aplicações.

2 - Sua História
O infravermelho foi longamente utilizado como meio de comunicação em controles remoto de televisões e vídeo-cassetes, calculadoras, impressoras e PDA's. Em 1993, um grupo de empresas lideradas pela HP, IBM e Sharp fundou uma associação sem fins lucrativos com o objetivo de descrever padrões para garantir a qualidade e a interoperabilidade de hardwares que utilizam tecnologia infravermelha.
A sigla IrDA se refere a padrões definidos pela instituição de mesmo nome e que especificam meios para transferir dados via radiação infravermelha. As especificações IrDA incluem padrões tanto para os dispositivos físicos quanto para os protocolos utilizados na sua intercomunicação.
Devido aos padrões IrDA, a transmissão de dados infravermelho tornou-se disponível em PC's e periféricos. Este fato estimulou o uso eficaz e barato da comunicação sem fio (wireless) para curtas distâncias em sistemas embarcados e dispositivos de todos os tipos.
Em apenas dois anos e meio, grandes companhias já faziam parte do grupo, entre fabricantes de componentes e empresas de hardware e software.
Para surpresa de todos, em 1995, muitos produtos compatíveis com o padrão IrDA já estavam na mão dos usuários. Isto inclui notebooks, PDA's, impressoras, bem com adaptadores infravermelhos para estes dispositivos. Diferentemente dos primeiros módulos com interface IR, que usavam protocolos proprietários, esta nova era de equipamentos que usam padrão IrDA são interoperativos em relação a aplicações, à fabricação e às plataformas.

[...] O servidor é um banco de informações de objetos abastecidos pelos serviços sobre aplicações locais. TinyTP Tiny Transport Protocol É um layer opcional embora seja tão importante, que geralmente seja um layer requerido. Possui duas funções: - Controle de fluxo de acordo com o a conexão LMP - SAR (Segmentation and Reassembly): divide um grande pacote e monta de volta no outro lado (outro dispositivo). TTP adiciona um byte de informação em cada pacote de IrLMP para realizar sua tarefa. [...]


[...] Habilita o uso de infravermelho em uma área de trabalho para laptops e outros dispositivos. Physical Layer e Framer: O Physical Layer inclui um transmissor óptico que varia de acordo com a forma e outras características dos sinais infravermelhos, incluindo a codificação de bits de dados e de alguns frames de dados, como o start e o stop flag e CRC's. O Framer é um software responsável por aceitar os frames que estão entrando pelo hardware e ?apresentá-los? ao IrLAP. [...]


[...] Já os raios infravermelhos não prejudicam os olhos nem nada devido ao seu baixo nível de energia necessário para as redes, dizem os pesquisadores Vantagens e Desvantagens da Tecnologia Benefícios da Tecnologia de Comunicação com Infravermelho * Velocidades do canal completo * Fácil instalação * Segurança * Compatibilidade com interfaces de cobre e fibra * Não necessita de Bridges ou Routers * Baixo custo * Ambientes internos e externos * Resistentes a variação climáticas e de temperatura * Latência zero a distância * Transparente a redes ou protocolos * Baixa manutenção * Disponibilidade operacional de 99,9% Atualmente são mais de 160 empresas ao redor do mundo associadas à Infrared Data Association, entre companhias de hardware, software, componentes e adaptadores para computadores e telecomunicações. [...]

Mais Vendidos informática

Projeto Integrado Multidisciplinar

 Engenharia e tecnologias   |  Informática   |  Estudo   |  04/06/2013   |  BR   |   .doc   |   7 páginas

Últimos trabalhos informática

Projeto Integrado Multidisciplinar

 Engenharia e tecnologias   |  Informática   |  Estudo   |  04/06/2013   |  BR   |   .doc   |   7 páginas

A Utilização de Software Livre em Empresa - Banco do Brasil

 Engenharia e tecnologias   |  Informática   |  Estudo   |  02/12/2012   |  BR   |   .doc   |   13 páginas