Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Estrutura interna das metrópoles mundiais na atualidade

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
8 páginas
Nível
Especializado
Consultado
61 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. As teorias sobre o crescimento das cidades e das metrópoles
    1. Teoria da base econômica
    2. Teoria das novas formas de convívio social
  3. A importância da metrópole
    1. O espaço interno das metrópoles dos países ricos
    2. O espaço interno das metrópoles da América Latina

Para termos uma visão da estrutura interna das metrópoles modernas, é importante rever as teorias mais importantes que justificam o crescimento das cidades e em particular das metrópoles.
Devemos ser cautelosos quanto à aplicação indiscriminada dessas visões. É bom lembrar que as metrópoles desenvolvem-se diferentemente na atualidade, em relação às suas origens. Por outro lado, também há distinções entre as metrópoles dos países desenvolvidos e as dos países pobres.

AS TEORIAS SOBRE O CRESCIMENTO DAS CIDADES E DAS METRÓPOLES

Na Europa e principalmente nos Estados Unidos, estudos e pesquisas exaustivas foram realizados desde o início do século XX a fim de explicar o crescimento das cidades. Afinal, por que crescem as cidades? Por que surgem as metrópoles? Os mecanismos responsáveis são, atualmente, os mesmos do final do século XIX? Nessa discussão, predominam duas visões, ou seja, duas teorias.

[...] Los Angeles, na costa oeste, tem cerca de 3 milhões de mexicanos e seus descendentes morando nas áreas deterioradas. Depois da Cidade do México, é a segunda maior cidade de população mexicana. Em Los Angeles, são também significativas as comunidades asiáticas (FARRET, et al., 1985). Essa realidade acentua a ?guetificação?, fenômeno social e espacial cujo significado é o confinamento de uma minoria étnica num bairro reservado. É um fenômeno conhecido como segregação espacial (MARICATO, 1996). No caso europeu, os guetos das metrópoles são formados, predominantemente, por emigrantes. [...]


[...] Na verdade foi a pressão do crescimento urbano que obrigou a investimentos nessas tecnologias, cuja natureza vai determinar, em grande medida, a estrutura interna dessa nova forma urbana. Foi, por exemplo, a organização dos transportes internos que propiciou uma expansão territorial e um uso diferenciado do solo, nas grandes cidades do final do século XIX. Por isso, podemos falar que, nessa época, a metrópole já possuía uma organização espacial complexa (com centros industriais, bairros de trabalhadores, bairros dos empresários) e valorizando as áreas centrais, as sedes dos setores administrativos e comerciais, dos grandes armazéns e do poder político. [...]


[...] Dedicam mais esforços na compreensão da vida cotidiana e das relações sociais. Defendem formas de planejamento flexíveis, de acordo com as características culturais e sociais de cada sociedade. Valorizam os espaços públicos (ruas, parques, praças, centros históricos e centros culturais) como áreas privilegiadas de convívio humano. Argumentam que as tecnologias urbanas desenvolvidas e utilizadas são, em muitos casos, responsáveis pelo "caos" urbano. Por exemplo: os congestionamentos no trânsito das grandes cidades resultam da opção preferencial pelo automóvel particular. O veículo particular seria a causa do problema e não a solução para a circulação nas grandes cidades (CARLOS, 1992). [...]

Mais Vendidos geografia

Onde estamos? Que espaço é este? O uso do mapa nas aulas de geografia

 História/geografia e idiomas   |  Geografia   |  Estudo   |  04/10/2008   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

África - aspectos naturais, humanos e econômicos

 História/geografia e idiomas   |  Geografia   |  Estudo dirigido   |  05/03/2008   |  BR   |   .ppt   |   38 páginas

Últimos trabalhos geografia

Os Conflitos em Torno da Criação do Estado de São Francisco

 História/geografia e idiomas   |  Geografia   |  Estudo   |  25/01/2012   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Impactos sócio-ambientais no Manguezal de São Francisco do Conde

 História/geografia e idiomas   |  Geografia   |  Estudo de caso   |  04/04/2010   |  BR   |   .doc   |   23 páginas