Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Os Conflitos em Torno da Criação do Estado de São Francisco

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
outros
Faculdade
Universidad...

Informações do trabalho

Murilo Q.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
6 páginas
Nível
Para todos
Consultado
0 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Por Que a Separação?
    1. Pontos Positivos Com a Criação do Novo Estado
    2. Pontos Negativos Com a Criação do Novo Estado
  2. Qual Será a Capital do Novo Estado?

A Proposta de criação do Estado São Francisco foi colocada em pauta pela primeira vez em 1850, pelo famoso Barão de Cotegipe, que já sonhava com a criação do novo território. Os interesses de uma região em obter autonomia administrativa levam em conta uma serie de motivos de ordens históricas ou geográficas. No caso em pauta a distância física da capital baiana, o isolamento, o esquecimento pelo poder público, foi que levou ao discurso de separação; essa idéia de separação exige a presença do poder publico mais atuante. Com a criação do novo Estado surgirá diversos problemas, a exemplo do desenvolvimento acelerado, o fluxo migratório conseqüentemente ocorrerá um desmatamento desordenado, com fortes investimentos em novas produções agrícolas que irá ocasionar na ausência da agricultura de subsistência. Haverá também a utilização inadequada dos recursos naturais,o que levará a grandes prejuízos ao meio ambiente. Ainda há outra discussão em torno dos municípios sobre, quem está mais preparado para ser a capital do Estado do São Francisco. Porém, Barreiras e Luis Eduardo Magalhães (LEM), são as cidades que mais vem se desenvolvendo economicamente em curto espaço de tempo.

[...] modificado para servir as necessidades e as possibilidades de um grupo, pode-se dizer que este grupo se apropria dele? Pontos Positivos Com a Criação do Novo Estado: Com a criação do novo Estado haverá um maior desenvolvimento da região, assim como ocorreu no estado de Palmas, que foi descentralizada. Este pertencia ao Estado do Tocantins, o qual se destacou rapidamente, ao se desmembrar da capital, para que seu desenvolvimento tivesse sucesso foi necessário subsidio do Governo Federal, pois aquela era uma região ainda não explorada, toda construída ainda por vegetação natural. [...]


[...] Esse cinturão irá abastecer a cidade, as feiras livres e mercados, com uma alimentação de subsistência como frutas, granjeiro, hortaliças, etc. De modo a não deixar a sociedade tão dependa de produtos de fora da cidade, que poderiam esta sendo produzidos na própria região. Referências: ELIAS. Iná de Castro. CESAR. Paulo Gomes. CORRÊIA. Roberto Lobato. Geografia: conceitos e temas. 10º ed. Rio de Janeiro; Bertrand Brasil ELIAS. Iná de Castro. CESAR. Paulo Gomes. CORRÊIA. Roberto Lobato. Brasil: questões atuais da reorganização do território. 4ºed. [...]


[...] 140) Pontos Negativos com a Criação do Novo Estado: O desenvolvimento desacelerado, que ocorrerá na região, atrairá grupos hegemônicos de vários setores; haverá também uma perder no controle do fluxo migratório, que conseqüentemente será mais intenso, esse desenvolvimento não promoverá toda a sociedade, formandos assim os chamados bolsões de miséria ao redor da cidade (favelas). O desmatamento desordenado, com fortes investimentos em novas produções agrícolas, deixará a cidade carente de agricultura de subsistência. E ainda ocorrerá uma utilização inadequada dos recursos naturais, levando a grandes prejuízos. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Administração de Suprimentos e Logística

 Administração e marketing   |  Administração   |  Projeto   |  30/08/2006   |  BR   |   .doc   |   13 páginas

Verificação do Nível de Conhecimento Sobre a Acne Entre os Alunos do UNESC - Centro Universitário...

 Biologia e medicina   |  Medicina   |  Estudo   |  20/11/2011   |  BR   |   .doc   |   7 páginas

Mais Vendidos geografia

Onde estamos? Que espaço é este? O uso do mapa nas aulas de geografia

 História/geografia e idiomas   |  Geografia   |  Estudo   |  04/10/2008   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

África - aspectos naturais, humanos e econômicos

 História/geografia e idiomas   |  Geografia   |  Estudo dirigido   |  05/03/2008   |  BR   |   .ppt   |   38 páginas