Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Amazônia

Informações sobre o autor

autônoma
Nível
Especializado
Estudo seguido
Letras

Informações do trabalho

Montserrat C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
fichamento
Número de páginas
10 páginas
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Tema: a amazônia, a ecologia e a justiça social
  2. Síntese: amazônia, amazônias

Este livro vem para descobrir a Amazônia, para contribuir no debate sobre esta fantástica região do Brasil. Uma obra que foi delineada para quebrar mitos sobre a realidade local e para dar o devido destaque aos protagonistas que se empenham em promover o desenvolvimento da região.
Esse livro é resultado de 22 anos de pesquisa na Amazônia, com a visão de mundo de seringueiros, caboclos, retireiros, pescadores, mulheres quebradeiras de coco de babaçu, populações negras remanescentes de quilombos, gaúchos bem mal sucedidos, camponeses das mais variadas origens.
Nem pulmão do mundo, intocável natureza, nem relíquia que desperta a cobiça das potências externas; a Amazônia é heterogênea, contraditória, desigual.
Tudo se relaciona com tudo, num holismo que vê a natureza sendo destruída, com isso, vê fugirem seus espíritos.
Há uma nova imagem da Amazônia que fala do conflito e da violência, é necessário incorporar suas populações aos direitos básicos de cidadania, aproveitando assim a oferecer condições de fazer melhor o que já sabem, além de buscar novos caminhos a partir da experiência acumulada.
Amazônia exige uma visão complexa do meio ambiente que não dissocie ecologia de justiça social, da cidadania. E toda política a partir de então posta em prática estava no imaginário da soberania nacional, na verdadeira missão de incorporar a Amazônia.

[...] Podemos dizer, que a Amazônia, é um conjunto, não só apenas o pulmão do mundo, como desperta a cobiça das potências externas; pela sua heterogeneidade, contraditória e desigual. Tudo se relaciona com tudo, num holismo, onde o mito e a própria realidade se confunde. Atualmente, a Amazônia está sendo discutida em um âmbito maior, em lideranças do país e do exterior e exigem uma visão complexa do meio ambiente. Nota-se que para atrair investimentos na região, o governo usou de muitos subterfúgios, principalmente, através dos meios de comunicação um dos slogans nacionalistas que mais se ouviu repetir foi: ?Integrar para não entregar?. [...]


[...] A Amazônia nos últimos 40 anos, passou a atrair grandes capitais interessados em explorar o seu subsolo, sobretudo após as pesquisas efetuadas pelo Projeto Radam-Brasil. Até essa época a riqueza mineral da Amazônia, desde os tempos coloniais, estava restrita à Serra do Navio no Amapá. Mas a região é rica em diversos tipos de minérios que ocasionou uma busca desenfreada, tanto por parte do capital nacional, como do capital estrangeiro. Tanto lá como aqui, o conflito por terras não é diferente, pois a apropriação desigual das terras é um dos fatores mais importantes e responsáveis por grande parte dos conflitos sociais. [...]


[...] E com isso a Amazônia vê-se transformada em organização socio-espacial. A igreja, não podia ficar de fora neste contexto histórico, a Ordens Religiosas foram autorizadas pelo Estado Colonial a conquistar as almas indígenas assim, garantir para os portugueses os territórios. Começa também a busca pelas drogas do sertão, com devassamento das florestas, os índios começam a ser destribalizados e aldeados. Os índios mostram a dificuldade de entender a lógica do viver para trabalhar do homem ocidental, já que eles trabalham para viver. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Responsabilidade penal da pessoa jurídica

 Direito e contrato   |  Penal   |  Estudo   |  20/11/2006   |  BR   |   .doc   |   25 páginas

Direito & ética X ecologia & meio ambiente

 Biologia e medicina   |  Enfermagem   |  Estudo   |  13/12/2006   |  BR   |   .doc   |   27 páginas

Mais Vendidos geografia

Onde estamos? Que espaço é este? O uso do mapa nas aulas de geografia

 História/geografia e idiomas   |  Geografia   |  Estudo   |  04/10/2008   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

África - aspectos naturais, humanos e econômicos

 História/geografia e idiomas   |  Geografia   |  Estudo dirigido   |  05/03/2008   |  BR   |   .ppt   |   38 páginas