Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Nazismo: da ascensão à queda

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
dissertação
Número de páginas
24 páginas
Nível
Especializado
Consultado
5 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Nazismo
    1. Retrospecto histórico
  3. O partido nazista
    1. Conceito
    2. O nascimento do partido nazista
    3. Concepção politica de Hitler
    4. Racismo
    5. A influencia de Nietzsche
    6. O projeto politico nacional-socialista
    7. Os nazistas no poder
  4. A ascensão do nazismo
    1. A tomada do poder
    2. Causas de ascensão de hitler ao poder
  5. A derrota da Alemanha
    1. A queda do nazismo

O nazismo foi um movimento político que se desenvolveu na Alemanha entre as décadas de 1920 e 1930. O caos na vida econômica e social do país, logo após a Primeira Guerra Mundial, pode ser apontado como causa direta da ascensão nazista. Naqueles anos, na Alemanha, os problemas existentes desde a unificação somavam-se aos problemas gerados pelo Tratado de Versalhes, imposto aos alemães pelos países vencedores da Primeira Guerra Mundial.
Para avaliar o papel de um individuo na História, verificam-se os monumentos e obras que deixou: os de Hitler são marcados pelos campos de concentração. Impressiona ao observador a sua absoluta incompatibilidade com o século XX. Ele desejou uma Alemanha restaurada como potência mundial, forte e unida, deixando-a esvanecida, destruída e dividida entre os vencedores.
O objetivo deste trabalho é abordar a ascensão e a queda do Nazismo, sua compreensão é essencial para entender um dos principais fatos do nosso século. Abordaremos as origens, o desenvolvimento, a consolidação e a queda desse movimento político. Este trabalho também é um convite para reflexão como certas idéias podem levar uma multidão a violar os princípios básicos da existência humana.

[...] Por outro lado, Hitler tinha admiração pela cultura greco-romana da Antiguidade Clássica. Admirava a beleza da estatuária e a cenografia dos edifícios gregos, embora proferisse os guerreiros de Esparta aos filósofos de Atenas. Considerando-se artista, Hitler desenhou uniformes, bandeiras e logotipos nazistas. Todos os anos ele participava de exposições de arte e comprava um grande número de quadros e esculturas. No poder, procurou embelezar a Alemanha com construções majestosas, num estilo neoclássico monumental. Além da propaganda, outros mecanismos e grupos criados dentro do partido tinham grande importância no convencimento da população. [...]


[...] Depois da liquidação da liderança da S o aparelho repressivo encontrou na SS sua maior expressão. Originalmente, a SS surgiu como um corpo especial de defesa do Fuhrer, evoluindo para o controle de todo o aparelho repressivo. Sua chefia estava a cargo de Himmler e seu auxiliar Heydrich, chefe da temida RSHA, segurança central do Reich, responsável pela vigilância dos membros do partido, inclusive a alta hierarquia. Na SS formaram-se posteriormente tanto as combativas Wafen SS, que atuavam como divisões militares durante a guerra, como os Einsatztruppe, responsáveis pela política de extermínio e pela segurança dos campos de concentração. [...]


[...] O social-darwinismo traz em seu bojo uma categórica rejeição tanto do socialismo como da democracia, na medida em que tanto um como o outro impediria a afirmação do mais forte, o sucesso do mais apto e capaz. Esse animal superior poderia ser determinado por certos traços fisionômicos, identificáveis pelas dimensões do seu crânio, do lóbulo da orelha ou o tamanho do nariz. A expressão mais acabada desse pensamento no campo jurídico são as teorias de Cesare Lombroso (LENHARO, 1991) RACISMO As teorias racistas difundidas na segunda metade do século XIX se caracterizavam por seu traço aristocrático. [...]

Mais Vendidos história

Processo de industrialização e formação capitalista do Brasil - 1930-1945

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Estudo   |  07/05/2007   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Últimos trabalhos história

O discurso da imprensa sobre o complexo penitenciário da Papuda em Brasília, de 1979 aos nossos...

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Monografia   |  30/03/2009   |  BR   |   .doc   |   50 páginas

As duas faces de Winston Churchill

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Fichamento   |  23/03/2009   |  BR   |   .doc   |   8 páginas