Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

História do restaurante

Informações sobre o autor

autônoma
Nível
Especializado
Estudo seguido
Letras

Informações do trabalho

Montserrat C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
20 páginas
Nível
Especializado
Consultado
9 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Restaurante
    1. Conceito e origem
    2. Brigada de restaurante
    3. Brigada de cozinha
  2. O restaurante no Brasil
    1. Origem
    2. O mais antigo restaurante do Brasil
    3. O mais antigo restaurante de São Paulo
    4. O mais antigo restaurante de Sorocaba
    5. Características de serviço e cliente
  3. Panorama social da época do surgimento dos restaurantes no Brasil
    1. Estrutura social do início do século
    2. A vinda dos imigrantes e sua contribuição para a cozinha brasileira
    3. Tipologia de restaurantes
  4. Clientes
    1. Perfil do cliente
    2. Questionário
    3. Resultados (gráficos) e discussão

Define-se como restaurante o estabelecimento onde são preparadas e servidas refeições mediante pagamento, podendo ser almoço ou jantar.
A origem do restaurante vem da pré-história, onde as trocas de mercadorias entre os povos já somam mais de 10 mil anos. Há mais de 2.000 anos ªC., os Sumérios e os Egípcios já faziam e comercializavam cerveja e vinho. Na cidade Suméria de Ur, os precursores dos camelôs fritavam e vendiam peixes nas ruas. Com a ascensão dos babilônios e posteriormente dos assírios, esse comércio desenvolveu-se em toda a mesopotâmia. Também na América, bem antes do nascimento de Cristo, os incas no Peru, os mais na América Central, os olmecas no México fabricavam e comercializavam comida e bebida as pessoas que por lá circulavam.
Na época do Império Romano nos núcleos urbanos mais desenvolvidos ou nas estradas que os interligavam havia os taverneiros que ofereciam comida e bebida, produzidas por eles mesmos e servidos aos viajantes. Os camponeses e artesões quando iam vender suas mercadorias procuravam por alimentação nestas tavernas, local onde também eram feitas as trocas de montadas para que as pessoas pudessem repousar, alimentar-se e também realizar encontros íntimos com as mulheres da região. As tavernas tiveram seu fim com o Império Romano do Ocidente. Na Idade Média os mosteiros católicos tornaram-se locais onde os viajantes podiam dormir, alimentar-se e tomar vinho, tudo isso em troca de donativos a igreja. Com o renascimento veio a retomada dos centros urbanos e o florescimento do comércio, mesmo assim as feiras da época continuavam comercializando comida e vinho para os viajantes em troca de pagamento.

[...] Com capacidade para receber 200 pessoas, local requintado e de bom gosto, foi o primeiro restaurante da região a ter um maitrê trazido do Restaurante Guanabara de São Paulo. Todos os funcionários do restaurante trabalhavam uniformizados,o sistema adotado pelo restaurante era la carte com uma variedade de 100 pratos oferecidos no seu cardápio. Seu público era distinto, pessoas da nossa sociedade, políticos, escritores, jornalistas e comerciantes sendo que nos finais de semana o almoço era dedicado às famílias onde elas poderiam apreciar uma bela música tocada no piano de cauda e para seus filhos no final do almoço eram passados desenhos em um telão que ficava localizado no fundo do salão. [...]


[...] Em 1766 Mathurin Roze de Chantoseau, renomado restaurateur, que por diversas vezes serviu seus caldos restauradores a hóspedes do Rei Luís XVI, resolveu pedir ao Rei autorização para abrir o seu restaurante e poder estender a variedade de pratos servidos. De início o Rei foi contrário a sua idéia com receio de que os Caterers se voltassem contra ele, porém Mathurin apresentou a ele um plano econômico para restabelecer a saúde fiscal da França, pois o monopólio de mercadorias imposta pelo regime francês estava levando a França a uma de suas piores crises financeiras. [...]


[...] CONCLUSÃO Após estudo do tema abordado chegamos a conclusão de que o restaurante sofreu uma grande evolução, desde o seu início na França em 1766 até os dias atuais, porém manteve a sua origem na qual sair para alimentar-se também significa lazer, independente do local, seja ele um restaurante tradicional ou uma pizzaria, talvez a diferença maior seja que as pessoas hoje buscam alimentação e lazer aliados a um preço adequado a seu orçamento. REFERÊNCIAS Apostila Maria Sylvia Gurgel Apostila Grace Caron FLANDRIN, Jean Louis. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Análise do papel do Convention Visitors Bureau em Sorocaba

 História/geografia e idiomas   |  Geografia   |  Estudo   |  16/07/2007   |  BR   |   .doc   |   33 páginas

A conquista: o registro boêmico do cotidiano e ao acaso

 Psicologia e letras   |  Literatura   |  Estudo   |  04/10/2008   |  BR   |   .doc   |   9 páginas

Mais Vendidos história

Processo de industrialização e formação capitalista do Brasil - 1930-1945

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Estudo   |  07/05/2007   |  BR   |   .doc   |   8 páginas