Ou baixar através de : Permuta

Informações sobre o autor

Professor de geografia - Auxilar de Ensino
Nível
Especializado
Estudo seguido
Curso de...

Informações do trabalho

Data de Publicação
31/10/2008
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
5 páginas
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
1 Avaliaçao cliente
5
escrever um comentário

A influência africana na cultura brasileira

  1. A INFLUÊNCIA AFRICANA NA CULTURA BRASILEIRA

Os povos vindos da África, mesmo não pertencendo aos mesmo grupos étnicos, chegando aqui no Brasil, vivendo sob a condição desumana que lhes foi imposta, se agarraram as suas origens, deixando aos seus descendentes apenas a carga cultural que traziam na memória, no bater dos tambores, na comida, nas crenças, misturando essa carga cultural com a cultura européia trazida pelos portugueses, criando assim a cultura brasileira. A culinária africana foi no Brasil reinventado usando produtos cultivados por aqui, enquanto a musica fazia os negros esquecerem os maus tratos e lembrar da terra distante, a religiosidade, que apesar de ter que adotar signos cristãos auxiliava o negro a curar suas doenças e manter o contato com suas divindades e os dialetos africanos facilitavam a comunicação entre eles na nova terra, que séculos depois adotaria varias dessas palavras no seu vocabulário.
Ao abordar um estudo sobre a influência africana no Brasil, se depara inicialmente com o preconceito de um povo que tem independente da cor da pele suas raízes na África. O interessante é que se fala em raças e não se fala em etnias – ou pouco se fala em etnias –, normalmente qualificando o africano como negro, colocando sua cor de pele acima da grande leiva cultural que este trouxe para cá, deixando claro que cada povo que foi trazido forçadamente trouxe sua carga cultural junto de si, e que não vieram todos da mesma região, como afirma Prandi (2000), “a pluralidade cultural das etnias africanas muito contribuiu para a formação da cultura nacional com elementos que atingem desde a língua, a culinária, a música e arte diversas, até valores sociais, representações míticas e concepções religiosas”.
Mesmo com o preconceito ainda existente hoje em grande parte do país, que muitas vezes hipocritamente é negado, mas que todos sabem que ainda existem, a cultura africana foi incorporada pela cultura brasileira, mas é muito importante salientar que de forma diferente da forma que incorporamos a cultura européia. Com a vinda de africanos para o Brasil ainda no século XVI, sendo utilizados nos engenhos açucareiros e na plantação de cana-de-açúcar, e com a utilização desse tipo de mão de obra por mais de trezentos anos, sendo que estes povos nunca puderam voltar pra suas origens, esses povos africanos trouxeram nos porões dos navios negreiros muito mais do que mãos fortes para o trabalho pesado, trouxeram uma memória, danças, músicas, crenças, varias línguas e dialetos, uma culinária própria que aqui no Brasil com a falta de suas peculiaridades da terra de onde vieram foi se misturando aos alimentos que aqui estavam de fácil acesso para eles e criando uma culinária própria, muito parecido com o que aconteceu com suas crenças.

[...] Lembrando sempre que o Brasil é um país com uma história recente, onde pouco se utilizou da cultura dos povos pré-colombianos que aqui estavam na chegada dos portugueses para a construção da nossa cultura A INFLUÊNCIA AFRICANA NA CULTURA BRASILEIRA A influência da cultura negra em terras brasileiras começou com a mão-de-obra escrava africana. Desse modo, a inserção da população negra na sociedade colonial se deu através das relações de trabalho, que foi a base da economia brasileira e da convivência familiar, social e cultural.O contingente negro foi o motor de propulsão da economia açucareira, e das funções domésticas no interior das “casas grandes” onde viviam os donos de escravos e suas famílias. [...]


[...] Na culinária houve um intercambio muito grande, entre a comida africana, a comida européia, e a comida indígena, sendo que muitos pratos foram recriados aqui usando ingredientes nacionais, e outras vezes as escravas responsáveis pelas cozinhas da casa-grande colocavam temperos africanos nos pratos europeus, podendo se dizer que a influencia africana na culinária brasileira se deu sob dois aspectos, no modo de preparo e na introdução dos ingredientes, levando em conta que comerciantes portugueses e traficantes de escravos, trouxeram muitos ingredientes da África para o Brasil e levaram muitas coisas daqui para lá. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

Rizomas e culturas híbridas

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Estudo dirigido   |  07/08/2007   |  BR   |   .doc   |   19 páginas

A cultura como ferramenta de gestão de pessoas

 Psicologia e letras   |  Cultura geral e filosofia   |  Monografia   |  07/08/2007   |  BR   |   .doc   |   77 páginas

Mais Vendidos história

A cidade, a igreja e a escola: relações de poder na cidade de Sorocaba no final do século XIX

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Estudo   |  07/10/2008   |  BR   |   .doc   |   14 páginas
Compra e venda de trabalhos acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.