Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

As colônias americanas, os processos de independência e os problemas pós-coloniais

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
outros
Faculdade
Faculdade

Informações do trabalho

ASSESSORIA PRO LABORE A.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
7 páginas
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
1 Avaliaçao cliente
5
escrever um comentário
  1. As colônias americanas
    1. Os processos de independência
    2. O Haiti
    3. América espanhola
    4. América portuguesa
    5. Os problemas pós coloniais na américa latina
    6. Ku klux klan
    7. Martin Luther King
    8. Malcolm X
  2. Análises dos livros didáticos

A frase em latim E Pluribus unum, significa: ?de muitos, um?. Foi escolhida como lema do novo país e consta em muitos símbolos oficiais dos Estados Unidos. Representa o surgimento de um país unificado, nascido de muitas colônias. O processo da independência foi o exemplo de um povo decidido a viver livre. O self-governement deu ao povo das treze colônias o brio necessário para não aceitar a subordinação mercantilista, que o governo inglês pretendia aplicar aos colonos em meados do século XVIII. Inspirou revoluções no mundo inteiro, inclusive no Brasil ocorreram várias revoltas de escravos que contaram com uma certa participação de brancos, mulatos livres e negros alforriados, o que transformava essas revoltas em acontecimentos sociais extremamente perigosos aos interesses das elites.

[...] Hoje, os negros norte-americanos caminham com orgulho do líder que tiveram no passado Malcolm X Adriana Maximiliano expõe que após as revoltas em Handsworth, distrito de Birmingham, os ensinamentos de Malcolm X encontraram adeptos entre garotos e garotas que formavam uma segunda geração de imigrantes que diariamente enfrentavam o racismo. O significado de Malcolm X é a necessidade de ser verdadeiramente parte da luta pelos direitos dos oprimidos. Ele abraçou a mudança e novos conhecimentos, e isso é evidente em seu movimento de distanciamento do nacionalismo negro para uma agenda mais ampla, que relacionava os oprimidos através da luta e da prática. [...]


[...] Até meados do século XVII, predominou na colônia inglesa o Self- government, ou seja, os grupos de colonos organizavam-se em assembléias, votavam as próprias leis e viviam de acordo com as decisões da comunidade. Essa forma de organização administrativa e política lançou as bases do regime federalista adotado pelas colônias quando se tornaram independentes da Inglaterra e formaram os Estados Unidos. Os povoadores, que ocuparam as colônias do Norte, também chamadas de Nova Inglaterra, se organizaram de acordo com seus preceitos religiosos, as famílias trabalhavam juntas com o objetivo de progredir economicamente, não usavam mão-de-obra escrava. [...]


[...] Ex-escravos no poder: Segundo Pomer, influenciados pela Revolução Francesa, os escravos - cujo número superava em dez vezes o de franceses e mestiços - se rebelam em 1791 e três anos depois conquistam a abolição da escravatura. O ex-escravo Toussaint L'Ouverture comanda em 1794 um exército local que defende a colônia contra forças inglesas e espanholas, ganhando para a França o domínio de toda a ilha. Em 1801, Toussaint convoca uma Assembléia que o nomeia governador vitalício e promulga uma Constituição, mas logo depois é preso e enviado à França, onde morre. [...]

Mais Vendidos história

Processo de industrialização e formação capitalista do Brasil - 1930-1945

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Estudo   |  07/05/2007   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Últimos trabalhos história

O discurso da imprensa sobre o complexo penitenciário da Papuda em Brasília, de 1979 aos nossos...

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Monografia   |  30/03/2009   |  BR   |   .doc   |   50 páginas

As duas faces de Winston Churchill

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Fichamento   |  23/03/2009   |  BR   |   .doc   |   8 páginas