Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

O futebol e a ditadura militar no Brasil

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
administração
Faculdade
FACECA/FADIVA

Informações do trabalho

José Antônio P.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
monografia
Número de páginas
15 páginas
Nível
Para todos
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Governo costa e silva
    1. A propaganda ideológica dos militares
    2. Contexto educacional da ditadura
    3. O tecnicismo e a educação
  3. A ditadura e futebol
  4. Conclusão
  5. Referências bibliográficas

Esta monografia tem por objetivo analisar o futebol no período da Ditadura Militar. O estudo se justifica, pois no período da Ditadura, a fim de desviar a atenção do povo e fomentar o sentimento de amar à pátria, passou-se a dar grande ênfase ao Futebol. As vitórias do Brasil nas Copas do Mundo eram usadas para enaltecer a pátria. Mas, se era realidade neste país que havia tanta harmonia e felicidade, então como explicar a censura aos meios de comunicação, de livre pensamento, a tortura, a cadeia? Por que não havia liberdade política no país? Por que o clima era de medo e angústia? São questões não respondidas pelos mesmos, e até hoje silenciada.

[...] O distanciamento a qual era submetido o povo brasileiro resguardava e assegurava ao governo militar maior tranqüilidade para operacionalizar a perseguição que empreendia aos ?comunistas? infiltrados no país. A eles se destinava o pau de arara, o ?telefone?, a cadeira do dragão, os afogamentos, choques elétricos e também os congelamentos aplicados como duras sanções a seus ?radicalismos?, ou seja, toda forma de tortura era permitida nos subterrâneos da ditadura, fato este, que era pregado abertamente por todos os ministros e militares daquela época. [...]


[...] No período em que a Junta militar, citada anteriormente, governou, ocorreu uma grande pressão de determinados setores da política e da sociedade para que o novo presidente fosse definido rapidamente. Em função desta pressão, os titulares convocaram uma reunião de emergência com os altos comandos do Exército, da Marinha e da Aeronáutica, e por meio desta reunião ficou decretado que a ?Comissão dos composta pelos generais Antônio Carlos Muricy, Emílio Garrastazu Médici e Jurandir de Bizarria Mamede, comandaria o País. [...]


[...] Aprovada neste mesmo ano, a Constituição de 1967 reafirmava e institucionaliza o regime militar e suas formas de atuação e liberdade de interferir em todos os setores da sociedade civil e militar. Observa-se que no final de 1967 e início do ano de 1968 são, respectivamente considerados a nível mundial, uma referência importante para quem se propõe a analisar esse período. Observa-se que esses anos foram de reivindicações libertárias, de certa forma o marco inicial de uma fase conservadora que veio certamente influenciar a sociedade brasileira que já vivia sob o a dominação da ditadura militar desde 1964 (ALVES, 1993). [...]

Estes documentos podem interessar a você

Ética planetária e complexidade num olhar sobre o documentário: "Muito além do cidadão Kane"

 Sociedade   |  Sociologia   |  Fichamento   |  01/07/2009   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Mais Vendidos história

Processo de industrialização e formação capitalista do Brasil - 1930-1945

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Estudo   |  07/05/2007   |  BR   |   .doc   |   8 páginas