Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Uma análise da liderança de "Che Guevara"

Informações sobre o autor

Consultoria - Consultoria - Gerência de Recursos Humanos
Nível
Especializado
Estudo seguido
Mestrado...

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
monografia
Número de páginas
14 páginas
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Biografia
  3. Análise crítica
  4. Conclusão
  5. Bibliografia

Quando se fala em líder lembramos sempre aqueles que tiveram para si o mérito de grandes feitos, seja em que área for, que por questões de carisma, herança, ideologia ou outro fator predominou de alguma forma entre pessoas, grupos e/ou nações.
Diante deste fato, busca-se com este estudo analisar a trajetória de um dos líderes que teve repercussão internacional ? Che Guevara ? para verificar como foi sua biografia, em que contexto social e político se deu sua liderança bem como os prós e contra que a mesma exerceu aos liderados e seu legado até a sua execução.

[...] O comunismo, que Che enxergava como uma etapa tão inevitável da evolução humana como o costume de andar sobre os dois pés, tornou-se lembrança que se visita em museu. Enquanto Fidel Castro abandonou o charuto e trocou o uniforme militar por ternos feitos sob medida, a revolução cubana transformou-se num desastre geral, em que à falta de liberdade se somam carências típicas de país pobre ANÁLISE CRÍTICA Considerado um marxista heterodoxo por sua obra teórica, Che Guevara encarnou os ideais da juventude esquerdista da década de 1960. [...]


[...] Assim depois de mais de um quarto de século em que as versões ideológicas da esquerda e da direita foram a tônica, haverá em breve uma grande reavaliação de um personagem arquetípica da década de 60 cuja imagem mítica e atividades revolucionárias românticas cativaram a imaginação de gerações sucessivas. o que é mais importante, ele ajuda a contextualizar o longo e persistente interesse dos dirigentes da Revolução Cubana pelo que se passava no continente africano. O envolvimento de Cuba, que começou com a expedição de Che ao Congo, se expandira nos anos posteriores, para abranger Guiné-Bissau, Moçambique, Angola e Etiópia. [...]


[...] afinal, devemos concluir que, para todas as intenções e objetivos da nossa causa, o Che nunca morreu à luz do que foi feito, ele está mais vivo do que nunca e é o oponente mais poderoso que o imperialismo já conheceu.?(Fidel Castro) O mito de Ernesto Guevara, nascido na Argentina, vitorioso em Cuba, morto aos 39 anos, na Bolívia, e verdadeiro cidadão latino-americano, ampara-se na simplicidade, como todos os mitos: ele teve a coragem de abandonar poder, pompa e prestígio para jogar tudo o que lhe restava, a vida, pela idéia de que teria o apoio de nações e mais nações latino- americana para lutar contra o imperialismo americano. [...]

Mais Vendidos história

Processo de industrialização e formação capitalista do Brasil - 1930-1945

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Estudo   |  07/05/2007   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Últimos trabalhos história

O discurso da imprensa sobre o complexo penitenciário da Papuda em Brasília, de 1979 aos nossos...

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Monografia   |  30/03/2009   |  BR   |   .doc   |   50 páginas

As duas faces de Winston Churchill

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Fichamento   |  23/03/2009   |  BR   |   .doc   |   8 páginas