Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A criação e os princípios do hipertexto

Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
enfermagem
Faculdade
centro...

Informações do trabalho

Maurycio J.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
11 páginas
Nível
avançado
Consultado
110 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. A criação e o ato criativo
  2. O hipertexto
  3. Princípio de metamorfose
  4. Princípio de heterogeneidade
  5. Princípio de multiplicidade e de encaixe das escalas
  6. Princípio de exterioridade
  7. Princípio de topologia
  8. Princípio de mobilidade dos centros
  9. A imaginação e as analogias

Este artigo relaciona os seis princípios básicos do Hipertexto definidos por Pierre Lévy (1993), com algumas questões centrais do ato criativo, vislumbrando uma ?analogia' hipertextual para estas questões. Segundo Lévy, o Hipertexto deve atender aos seguintes princípios: Metamorfose; Heterogeneidade; Multiplicidade de Encaixe das Escalas; Exterioridade; Topologia e Mobilidade dos Centros.
Alguns aspectos significativos acerca da criação e do ato criativo são abordados aqui para que se possa definir parâmetros de comparação com as teorias hipertextuais. As sensações, as analogias, as mediações, a conformação e a representação, estados da criação, mantêm uma relação íntima com estas teorias. A criação é fruto de um ato imaginativo, um ato de pensamento. Torna-se assim pela ação que a objetiva. A construção criativa é derivada de algo ou de sensações existentes, um referente e algo interior. É uma representação sígnica a qual damos um significado, seja ele existente ou novo, dependendo das relações e analogias efetuadas. A cada nova analogia, criamos significados e relações possíveis como uma rede que segue caminhos irregulares, conforma-se a cada instante, onde os nós desta rede são os próprios produtos dessas relações.

[...] A fotografia em alta velocidade, por exemplo, foi um avanço tecnológico revolucionário para a ciência, pois permitiu para nós, pela primeira vez, examinarmos complicados fenômenos temporais fora do tempo real, mas no seu próprio e ideal tempo, em confortáveis e metódicas análises retrospectivas dos vestígios que eles haviam criado nesses complicados eventos. Esse avanço tecnológico proporcionou um enorme aumento do poder cognitivo. O próprio advento da linguagem foi um impulso exatamente análogo para nós, uma tecnologia que criou uma classe inteiramente nova de objetos para contemplação, substitutos simbólicos e semânticos incorporados que podem ser revistos em qualquer ordem ou situação. [...]


[...] A obra de arte, pela linguagem, afirma em nós a dupla experiência: a do fenômeno do ser e a da ordem do ser Princípio de mobilidade dos centros A rede não tem centro, ou melhor, possui permanentemente diversos centros que são como pontas luminosas perpetuamente móveis, saltando de um nó a outro, trazendo ao redor de si uma ramificação infinita de pequenas raízes, de rizomas, finas linhas brancas esboçando por um instante um mapa qualquer com detalhes delicados, e depois correndo para desenhar mais à frente outras paisagens do sentido. [...]


[...] Desvinculado de uma matéria a ser transformada, a única referência do imaginar se centraria no próprio indivíduo, num estado constante de analogias e possibilidades, sem as mediações necessárias para sua concretização O hipertexto Texto interativo e fractal o Hipertexto seria um acesso não seqüencial ao conteúdo de um documento. Considerando aqui a noção de ?texto' como conjunto e totalidade de valores e representações variadas onde o significado deste ?texto' pode estar ancorado. O leitor tem a liberdade de percorrer caminhos associativos ao longo do documento, seguindo relações predefinidas ou criadas por ele próprio, nele estão incluídos texto, foto, áudio e vídeo. [...]

Mais Vendidos cultura geral/filosofia

CNBB, Ética: Pessoa e sociedade, São Paulo, Paulinas, 1993

 Psicologia e letras   |  Cultura geral e filosofia   |  Fichamento   |  27/08/2006   |  BR   |   .doc   |   6 páginas

Últimos trabalhos cultura geral/filosofia

Influências do pós-modernismo no ensino superior

 Psicologia e letras   |  Cultura geral e filosofia   |  Estudo   |  27/03/2010   |  BR   |   .doc   |   20 páginas

O maniqueísmo, peste vinda do Oriente

 Psicologia e letras   |  Cultura geral e filosofia   |  Estudo   |  23/01/2010   |  BR   |   .doc   |   5 páginas