Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Psicologia do desenvolvimento

Informações sobre o autor

 
Nível
Especializado
Estudo seguido
lingüística
Faculdade
Letras

Informações do trabalho

Luiz Eduardo D.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
pdf
Tipo
estudo
Número de páginas
6 páginas
Nível
Especializado
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. O enigma de Kaspar Hauser e a psicologia do desenvolvimento - Ensaio

Assistir ao filme O Enigma de Kaspar Hauser e analisá-lo é como montar um quebra cabeças diante dos vários pensamentos acerca da Psicologia do Desenvolvimento, e no caso do filme é aliar a teoria à prática de ao menos ver como se processa o desenvolvimento humano. Seja o desenvolvimento físico-motor, quanto psicolingüístico, ainda que seja em um indivíduo com uma idade acima do normal. Isto nós comparamos ao direcionamento que algumas abordagens da Psicologia dá ao termo ?desenvolvimento?, trabalhando principalmente com crianças. Mas se formos pensar também em o que é criança, entraremos em outra discussão. É a partir dessa representação cinematográfica que pretendemos fazer uma análise segundo algumas correntes da Psicologia do Desenvolvimento. Desde o Behaviorismo, passando por Vygotsky e sua perspectiva histórico-cultural, os cognitivistas, a Psicanálise, até o Humanismo. Procurando dar maior enfoque à capacidade que Kaspar, personagem principal teve para desenvolver linguagem.

[...] A capacidade imaginativa do jovem é limitada, é como se ele tivesse pulado a segunda fase de Vygotsky, e se comunicasse sem um raciocínio prévio, mas só por necessidade. É uma relação semelhante a um falante de uma língua que é inserido em outra comunidade, com outro língua, ele vai se comunicar, a priori, por pura necessidade de sobrevivência. Não ficou claro se há alguma passagem de Kaspar lendo alguma coisa, somente lendo as partituras musicais. Esta é uma indagação que é difícil responder: como ele teve tanta facilidade de aprender música. [...]


[...] Se a comunicação é própria do ser humano, Kaspar é a imagem de alguém que nunca teve contato com outro humano, faltava inclusive a necessidade, como se ele não tivesse noção de que era preciso fazer algo para ser entendido. Durante essa mesma refeição foi-lhe ensinado as noções de raso e fundo, cheio e vazio, quente e frio. Ele não tinha idéia de espaço, podemos entender que isso era causado porque fora criado preso, já que qualquer humano consegue aprender noções de tempo e espaço apenas com a experiência. [...]

Estes documentos podem interessar a você

A psicologia social uma especialidade da psicologia ou da sociologia?

 Sociedade   |  Sociologia   |  Estudo   |  30/07/2007   |  BR   |   .doc   |   4 páginas

Aspectos teóricos da psicologia do desenvolvimento

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Estudo   |  28/12/2007   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Últimos trabalhos lingüística

A gramáticas e suas implicaturas

 Psicologia e letras   |  Lingüística   |  Estudo   |  07/10/2008   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

A aquisição da linguagem - teorias e fatos

 Psicologia e letras   |  Lingüística   |  Estudo   |  04/10/2008   |  BR   |   .doc   |   8 páginas