Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A importância do estudo da arte literária e da arte pictórica

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
9 páginas
Nível
Especializado
Consultado
89 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Literatura
    1. Função e compreensão da literatura
  3. Pintura

Sabemos que a literatura e a pintura são tipos de arte. De uma forma simplificada, podemos dizer que a literatura é a arte da palavra, enquanto a pintura, por exemplo, trabalha com tinta, cores e formas.
Partindo das experiências pessoais e sociais que vivem, o artista recria a realidade, dando origem a uma supra-realidade ou a uma realidade ficcional. Por meio dessa supra-realidade, o artista consegue transmitir seus sentimentos e idéias ao mundo real, de onde tudo se origina. Para essa transcrição da realidade, os artistas, no entanto, não precisam, estar presa a ela. Tanto o escritor quanto o pintor fazem uso de sua imaginação constantemente.
A literatura e a pintura têm grande importância desde os tempos mais remotos, pois além de arte, são uma forma de comunicação. Podemos nos comunicar por meio da literatura e também da pintura. Portanto, para entender isso, torna-se necessário conhecer o que é literatura e também o que é pintura.

[...] Quando dizemos, por exemplo, que a é Isso é dar uma definição, pois os termos do enunciado correspondem a essência da água e tão somente a ela. Além disso, tal definição é aceita universalmente, pois se baseia no raciocínio, ou melhor, no emprego da razão. O conceito, por sua vez, é feito de acordo com as impressões mais ou menos subjetivas que cada um retira do objeto. Assim, quando conceituamos o amor, este conceito é levado em conta à forma como esse sentimento se manifestou em nós. [...]


[...] Por volta da penúltima década do século XVIII, segundo Silva (1976), a literatura conhece um novo e importante sentido semântico, a qual passa a designar o fenômeno em geral e já não circunscrito a uma literatura nacional, em particular, como vimos anteriormente no século mencionado acima levou à mudanças de pensamento da sociedade da época. literatura apresenta uma forma de literatura como criação estética, como categoria intelectual e específica forma de conhecimento? (p.23). Segundo Silva (1976, p. 26) Aristóteles nos manuais de poética e retórica dos séculos XVI, XVII, XVIII, nos escritores românticos e realistas, encontram-se muitos contributos úteis e pertinentes para o conhecimento e a caracterização do discurso literário?. [...]


[...] Entre esses códigos, avulta o código das ideologias, que definiremos, em sentido amplo, como a ?conotação final da totalidade das conotações do sinal ou do contexto de sinais?, e que coinvolve os sistemas de atitudes psicológicas, de posturas mentais, de convicções sócio-políticas, de princípios éticos e religiosos que caracterizam um indivíduo e o grupo em que se integra, pois a literatura se encarrega de cuidar do comportamento social verbalmente. Até agora, vimos o que é literatura. Por isso, temos que entender o que é pintura Pintura Temos conhecimento de que a produção artística, como todo produto do trabalho humano, é constituída de significados que estão relacionados a homens, culturas, lugares e tempos distintos. [...]

Últimos trabalhos literatura

Aspectos da Contradição: Definições e sua Presença em Textos de Ensino Médio

 Psicologia e letras   |  Literatura   |  Estudo   |  18/04/2011   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Ficha de leitura sobre "Capitães de areia" de Jorge Amado

 Psicologia e letras   |  Literatura   |  Fichamento   |  03/01/2010   |  BR   |   .doc   |   6 páginas