Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Reflexões acerca da importância da literatura infantil e sua contribuição para o desenvolvimento de crianças de 3 a 4 anos

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

RIBAS A.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo dirigido
Número de páginas
10 páginas
Nível
Especializado
Consultado
4 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
    1. Literatura infantil breve histórico
  2. Fundamentação teórica
  3. Literatura infantil no Brasil
  4. A contribuição da literatura infantil no desenvolvimento de crianças de 3 a 4 anos
  5. A literatura infantil e a criança

A criação de uma literatura infantil é um fenômeno novo, que ocorreu a partir do surgimento da família burguesa, e gerou uma nova forma de encarar a infância. Durante muitos séculos a criança foi vista como um adulto em miniatura participava de aspectos da vida adulta de forma tão intensa que nossos contemporâneos a classificariam como imoral, não existia a diferenciação entre atividades adultas e infantis e não havia sequer uma palavra para designar o que hoje chamamos de infância (ROSEMBERG, 1976, p.18).
Segundo Lajolo, (1988, p.15 a p.21) as primeiras obras publicadas para crianças surgem a partir do século XVIII, anterior á esta data apenas no classicismo francês do século XVII encontramos obras tais como as Fábulas, de La Fontaine, editadas em 1668 e 1694. Na Inglaterra, as primeiras obras editadas referiam-se a contos de tradição folclóricos coletados de contadores populares e organizados em forma de historias.

A literatura infantil se expandiu na Inglaterra ainda no século XVIII com a decadência do Feudalismo e ascensão da Burguesia, que transforma o modelo de família existente, (DIAS, 2008, p.12).
Antes não existia infância, vida doméstica, casamento e/ou educação de herdeiros. Ao se consolidar, a família como primeira instituição, a criança detém um novo papel na sociedade e passa ser vista como um ser frágil, desprotegido e dependente, (DIAS, 2008, p.12).

[...] José Bento Monteiro Lobato (1882-1948) foi e continua sendo um marco na produção de textos infantis.Monteiro Lobato em 1921 publica Menina do Narizinho Arrebitado), tem uma grande importância em nossa literatura infantil rompendo com os padrões provindos da Europa, criando personagens de uma linguagem fácil que o publico infantil logo se identifica e devido ao sucesso desta obra, Monteiro Lobato se dedica a escrever para crianças, escrevendo outras obras de grande sucesso e também editando parte delas. Depois do universo mágico que Monteiro Lobato criou com o Sitio do Pica-pau Amarelo, e seus personagens fantásticos, como Dona Benta a avó maravilhosa e seus queridos netos, Narisinho e Pedrinho e os outros moradores a Emilia boneca de pano e Visconde de Sabugosa e etc. [...]


[...] A importância da escola para o desenvolvimento da literatura infantil no período deve-se ao seu fortalecimento da escola enquanto instituição e ás campanhas de escolarização (com aumento de vagas, principalmente primárias). Alem disso, o meio escolar era e é o melhor lugar para a disseminação dos valores das classes dominantes entre as classes subalternas, (FREIRE p.25). Devido ás grandes mudanças do período, e á preocupação em transmitir uma idéia de pais em modernização, muitos valores dessa sociedade foram passadas adiante através dos livros infantis. [...]


[...] A instituição de Educação Infantil é o espaço privilegiado onde as crianças bem pequenas pensam e levantam hipóteses a cerca da escrita e de seu funcionamento, como também o fazem com relação a outros objetos de conhecimento mesmo antes do processo formal de alfabetização.Pressupõe-se que a relação dos pequenos e o acesso constante com livros ou/a contextos letrados nas situações envolvendo jogos, e brincadeiras são fundamentais para aprendizagem.De acordo com pesquisa realizada, a literatura infantil dentro do caráter pedagógico contribui para o desenvolvimento infantil. [...]

Últimos trabalhos literatura

Aspectos da Contradição: Definições e sua Presença em Textos de Ensino Médio

 Psicologia e letras   |  Literatura   |  Estudo   |  18/04/2011   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Ficha de leitura sobre "Capitães de areia" de Jorge Amado

 Psicologia e letras   |  Literatura   |  Fichamento   |  03/01/2010   |  BR   |   .doc   |   6 páginas