Informações sobre o autor

 
Nível
Avançado
Estudo seguido
direito...
Faculdade
Centro...

Informações do trabalho

Data de Publicação
15/06/2007
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
4 páginas
Nível
avançado
Consultado
173 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário

Resumo de Nietzsche e a estética

  1. Introdução
  2. Desenvolvimento
  3. Bibliografia

Nietzsche vê a estética nos gregos pré socráticos, o verdadeiro sentido estético.
Pois através da tragédia o que o ser humano vive: a dor, o sofrimento, a catarse, a liberação dos sentimentos, essa vulnerabilidade é o que humaniza o homem.
Através das tragédias o homem consegue ver a crueldade e ter compaixão pelo personagem, porque percebe sua humanidade. Então Nietzsche recuperou essa estética a através dessa forma literária que é a tragédia grega.

[...] Ora, não é outro o espírito da estética nietzschiana que se encontra centrada na embriaguez, isso é, na capacidade de se introduzir nos atos humanos mais acréscimos de força, mais movimentação, mais criatividade, pois é a vontade de potência que dá ao homem o sentido ativo da arte. Desse modo, o que Nietzsche institui é a formação do apolíneo e do dionisíaco como princípios de natureza estética e inconscientes, porém, sem deixar de ter como base as suas origens mitológicas referidas anteriormente. A relação entre Apolo e Dionísio será de criação, pois a incessante luta entre eles cria sempre coisas novas, por isso a identificação com a arte. A arte vai ser a maneira pela qual o homem poderá ultrapassar o devir do cotidiano. [...]


[...] Nietzsche pensa a vida como devir e este como beleza, assim pode através do dualismo Apolo/Dionisíaco ultrapassar a realidade cotidiana. O apolíneo representa a produção de formas, a beleza, fazendo com que a vida se separe do sofrimento. Como foi dito antes, Apolo é o deus do Sol, liga-se a arte plástica devido a sua afinidade com a visão, tornando-se o deus da imagem, obtendo uma arte figurada. Ele reina nas belas aparências do mundo da fantasia, pois todo homem produz imagens através do sonho e da realidade. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

Ética e a formação de professores

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  10/01/2007   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

A ruptura tropicalista e o movimento da ideologia jovem

 História/geografia e idiomas   |  História   |  Estudo dirigido   |  29/08/2007   |  BR   |   .doc   |   26 páginas

Mais Vendidos psicologia

As escolas da psicologia

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Estudo   |  08/11/2006   |  BR   |   .doc   |   14 páginas

Análise do livro "Para onde vai a educação" do autor Jean Piaget

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Estudo   |  27/08/2008   |  BR   |   .doc   |   5 páginas
Compra e venda de trabalhos acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.