Ou baixar através de : Permuta

Informações sobre o autor

RECURSOS HUMANOS - PSICOLOGIA CLÍNICA
Nível
Para todos
Estudo seguido
GRADUAÇÃO...

Informações do trabalho

Data de Publicação
14/03/2007
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
13 páginas
Nível
Para todos
Consultado
7 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
2 Avaliaçao cliente
5
escrever um comentário

Resumo - Émile Durkheim

  1. A especificidade do objeto sociológico
  2. O método de estudo da sociologia segundo Durkheim
  3. A dualidade dos fatos morais
  4. Coesão, solidariedade e os dois tipos de consciência
  5. Os dois tipos de solidariedade
  6. Os indicadores dos tipos de solidariedade
  7. Moralidade e anomia
  8. Moral e vida social
  9. Religião e moral
  10. A teoria sociológica do conhecimento

Durkein foi um dos pensadores que mais contribuiu para a consolidação da Sociologia como ciência empírica e para sua instauração no meio acadêmico, tornando-se o primeiro professor universitário dessa disciplina. As referências necessárias para situar seu pensamento são, por um lado, a Revolução Francesa e a Revolução Industrial, e por outro, o manancial de idéias que vinham sendo formado por Saint-Simon e Comte.
Seus pressupostos constitutivos são a crença de que a humanidade avança no sentido de seu gradual aperfeiçoamento governada pela lei do progresso. Esse princípio foi herdado da filosofia humanista. O industrialismo impunha-se a todos como a marca decisiva da sociedade moderna. Difundia-se a concepção de que a vida coletiva era um ser distinto, mais complexo, e irredutível às partes que o formam.
Durkheim recebe também a influência da filosofia racionalista de Kant, do darwinismo, do organicismo alemão e do socialismo de cátedra. Durkheim via na ciência social uma expressão da consciência racional das sociedades modernas, mas não excluía o diálogo com a História, a Economia e a Psicologia, embora apontasse os limites de cada uma dessas disciplinas na explicação dos fatos sociais.

[...] Durkheim reconhece que a anarquia é dolorosa, os indivíduos sofrem com os conflitos e desordens, e com a sensação de hostilidade geral e de desconfiança mútua quando eles se tornam crônicos. Ele procurou no campo do trabalho, nos grupos profissionais, um lugar de reconstrução da solidariedade e da moralidade integradoras das quais lhes pareciam tão carentes as sociedades industriais. O grupo profissional ou corporação cumpria as duas condições necessárias para a regularização da vida social, então anárquica, já que estaria interessado na vida econômica e tem uma perenidade ao menos igual à da família. [...]


[...] O interesse que fez Durkheim voltar-se para a religião era para compreender as categorias fundamentais do entendimento humano, noções essenciais como tempo, espaço, número, causa, substância, personalidade. As categorias do entendimento seriam instrumentos coletivos de pensamento que os grupos humanos forjaram ao longo dos séculos e através dos quais as inteligências se comunicam, e que expressam coisas sociais. A origem dos conceitos só pode ser a comunidade já que são compartilhados por todos e dependem da maneira como ela é constituída e organizada. [...]


[...] Durkheim afirma que somos forçados a seguir regras estabelecidas no meio social em que vivemos. Por isso a educação cria no homem um ser novo, insere-o na sociedade, leva-o a compartilhar com outros de uma certa escala de valores, sentimentos, comportamentos. As representações coletivas são uma das expressões do fato social. Elas compreendem o modo como a sociedade vê a si mesma e ao mundo que a rodeia. Os valores de uma sociedade possuem uma realidade objetiva, independente do sentimento ou da importância que alguém individualmente lhe dá; não necessitam expressar-se por meio de uma pessoa em particular ou que esta esteja de acordo com eles. [...]

...

Estes documentos podem interessar a você

A educação religiosa na idade média e a influência da igreja no pensamento ocidental

 Sociedade   |  Educação   |  Estudo   |  14/03/2007   |  BR   |   .doc   |   16 páginas

Terceiro setor: ação comunitária e a organização social

 Sociedade   |  Assuntos sociais   |  Estudo dirigido   |  22/08/2007   |  BR   |   .doc   |   18 páginas

Mais Vendidos psicologia

O paciente na UTI - aspectos psicológicos

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Monografia   |  12/01/2007   |  BR   |   .doc   |   63 páginas

O paciente como ser humano

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Fichamento   |  29/01/2007   |  BR   |   .doc   |   5 páginas
Compra e venda de trabalhos acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.