Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Resumo - Max Weber

Informações sobre o autor

RECURSOS HUMANOS - PSICOLOGIA CLÍNICA
Nível
Para todos
Estudo seguido
GRADUAÇÃO...

Informações do trabalho

FERNANDA ANGÉLICA C.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
estudo
Número de páginas
15 páginas
Nível
Para todos
Consultado
2 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. A objetividade do conhecimento
  2. Os tipos ideais
  3. Os conceitos fundamentais da sociologia weberiana
  4. Os tipos puros de ação e ação social
  5. Relação social
  6. Divisão de poder na comunidade: classes, estamentos e partidos
  7. A dominação
  8. Carisma e desencantamento do mundo
  9. A sociologia da religião
  10. Tendência à racionalização e burocracia
  11. Racionalização e capitalismo

O sociólogo alemão Weber reconhece Marx e Nietzsche como os pensadores decisivos de seu tempo ao afirmar que tiveram impacto decisivo em sua obra. Weber é herdeiro da percepção de Nietzsche, segundo a qual a vontade de poder, expressa na luta entre valores antagônicos é que torna a realidade social, política e econômica compreensível. Seus conceitos como a marcha da racionalidade representam um avanço em termos de precisão metodológica.

[...] É por conceber s sociedade dividida em instâncias diferenciadas que Weber distingue entre os conceitos de classes fenômeno puramente econômico e definido na esfera do mercado de consciência de classe adscrito à esfera social. Weber vê na consciência de classe um caráter contingente, ao contrário de Marx, que postula uma correlação necessária entre esses dois planos. Uma das distinções entre estamentos e classes refere-se à necessária existência nos primeiros, de um sentimento de pertença, já que as classes são apenas bases possíveis de uma ação comunitária. [...]


[...] CONCLUSÃO A reflexão das idéias de Max Weber permite constatar que para este autor, a sociedade pode ser compreendida a partir do conjunto das ações individuais. Estas são todo tipo de ação que o indivíduo faz orientando-se pela ação de outros. Só existe ação social, quando o indivíduo tenta estabelecer algum tipo de comunicação, a partir de suas ações com os demais. Weber não analisa as regras e normas sociais como exteriores aos indivíduos. Para ele elas são o resultado do conjunto de ações individuais. [...]


[...] A concepção de sociedade construída por Weber implica numa separação de esferas, como a econômica, a religiosa, a jurídica, a social, a cultural, cada uma delas com lógicas particulares de funcionamento. A forma pela qual a honra social é distribuída dentro de uma comunidade, entre grupos típicos pertencentes a ela pode ser chamada de ordem social. Weber estabeleceu conceitos referentes ao plano coletivo: classes, estamentos ou grupos de status e partidos, que nos permitem entender os mecanismos diferenciados de distribuição de poder, o qual pode assumir a forma de riqueza, de distribuição de poder político, num sentido estrito. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Resumos: Max Weber - "A ética protestante e o espírito do capitalismo"; Frederick W. Taylor -...

 Administração e marketing   |  Administração   |  Fichamento   |  29/11/2006   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Resumo descritivo do livro "Sociologia geral" (LAKATOS, Eva Maria e MARCONI, Marina de Andrade)

 Sociedade   |  Sociologia   |  Estudo   |  26/08/2008   |  BR   |   .doc   |   8 páginas

Mais Vendidos psicologia

O Complexo Materno e seus Aspectos Psicológicos

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Estudo   |  15/01/2012   |  BR   |   .doc   |   7 páginas

Uma reflexão sobre a depressão e as suas principais causas na abordagem cognitiva comportamental

 Psicologia e letras   |  Psicologia   |  Estudo   |  03/11/2008   |  BR   |   .doc   |   17 páginas