Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

A ideologia do machismo: uma análise do preconceito na saúde do homem

Informações sobre o autor

 
Nível
Para todos
Estudo seguido
assuntos...
Faculdade
Unipac

Informações do trabalho

Anderson Tadeu O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
artigo
Número de páginas
7 páginas
Nível
Para todos
Consultado
1 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. A saúde do homem e o preconceito machista: um desafio a ser enfrentado
    1. Uma análise sociológica do problema
    2. As doenças peculiares do homem como o problema central
    3. Análise do problema real em ótica clínica e o exemplo do câncer prostático e outras doenças do homem

O presente artigo busca analisar os preconceitos de caráter ?machistas? freqüentes no campo da saúde do homem. Esta problemática se constitui num problema de saúde pública, que demanda urgentemente políticas de atenção especial. Para ser fundamentada a análise, foi feita pesquisa e leitura de diversos artigos relacionados ao assunto. O artigo centra a sua reflexão numa ótica sociológica a respeito do preconceito masculino na sociedade e sobre o problema do câncer de próstata ? doença mais comum no âmbito da saúde do homem e onde se predomina mais o preconceito.
O preconceito imposto pela própria psicologia masculina impede o homem de freqüentar o médico quando alguma irregularidade aparece em seu corpo. Apoiados na idéia de que ?eu sou homem, sou forte e resistente, então nada irá acontecer comigo?, não vão sequer a alguma consulta médica e nem mesmo comentam o ocorrido com alguém, na esperança de que irão se curar pro contra própria . Muitas vezes, um simples sintoma pode significar uma doença de maior gravidade que poderá ocorrer, como por exemplo, um câncer de próstata, e o fato de não ir ao médico para iniciar tratamento, pode comprometer a própria vida. Romper com o preconceito é o primeiro passo a ser tomado como forma de amenizar tal problema. A saúde do homem indica ações e medidas direcionadas particularmente ao próprio homem. Infelizmente hoje ainda não se tem uma política de saúde séria voltada à saúde masculina. As atenções para este foco estão começando a se direcionar atualmente, tardiamente e o principal obstáculo a ser superado é o preconceito do homem com a sua própria saúde. Assim, essa situação se torna também uma problema de saúde pública.

[...] O homem sente-se então violado na sua constituição mais intima e protegida, fazendo com que o momento do exame seja vergonhoso. Outro fator que torna este exame constrangedor é a possível ereção que surge no meio do exame. Isso é condição natural do organismo, devido o toque causar certa estimulação nervosa que provoca a ereção. Assim, o homem teme que o médico pense que está estimulado sexualmente, que esteja sentindo prazer ao toque. É uma ignorância um tanto quanto machista, que prejudica o diagnóstico do câncer de próstata, figurando uma ?fantasia da perca da virilidade?, o que masculinidade do individuo, tornando- o passivo diante do médico Prostatite Doença como o próprio nome indica, é uma inflamação que se dá na próstata. [...]


[...] A prevenção do câncer de próstata: uma revisão de literatura. In: Ciência e Saúde Coletiva. v nº 1. Rio de Janeiro: jan./fev p.235-246 Sexualidade masculina e saúde do homem: proposta para uma discussão. In: Ciência e Saúde Coletiva. v nº 3. Rio de Janeiro: 2003. Por que os homens buscam menos os serviços de saúde do que as mulheres? In: Cadernos de Saúde Pública, mar 2007. Disponível em: www.scielo.org O psicólogo e professor da Pontifícia Universidade Católica de São Paulo (PUC-SP), Plínio de Almeida Maciel Junior, levanta a tese do machismo para justificar a resistência masculina de ir ao médico. [...]


[...] Quebrar culturalmente o preconceito é o maior desafio a ser enfrentado, pois isso indica uma reeducação cultural através de informações, conscientização e um grande empecilho que se torna uma enorme barreira, é que a sociedade não está preparada para quebrar os preconceitos, pois estes, se tornaram norteadores de toda a vida social As doenças peculiares do homem como o problema central A base de todo o preconceito machista com relação à sua saúde, está centrada nas doenças próprias do seu organismo. [...]

Mais Vendidos assuntos sociais

Resenha do livro "A cultura do dinheiro" de Fredric Jameson

 Sociedade   |  Assuntos sociais   |  Fichamento   |  17/10/2006   |  BR   |   .doc   |   5 páginas

Últimos trabalhos assuntos sociais

Como Trabalhar com a Sexualidade de um Aluno Especial

 Sociedade   |  Assuntos sociais   |  Estudo   |  30/12/2012   |  BR   |   .doc   |   26 páginas

A História da Globalização

 Sociedade   |  Assuntos sociais   |  Estudo   |  03/11/2011   |  BR   |   .doc   |   8 páginas