Search icone
Permuta de Trabalhos Acadêmicos
Garantias
Leia mais sobre as nossas garantias.

Turismo: uma prática social

Informações sobre o autor

A
Nível
Especializado
Estudo seguido
A

Informações do trabalho

Marta O.
Data de Publicação
Idioma
português
Formato
Word
Tipo
dissertação
Número de páginas
13 páginas
Nível
Especializado
Consultado
33 vez(es)
Validado por
Comitê Facilitaja
0 Avaliaçao cliente
0
escrever um comentário
  1. Introdução
  2. Turismo, tempo livre e produção de necessidades
  3. A circulação e o turismo

A prática social do turismo é capaz de dinamizar e/ou articular diversas atividades e ramos da economia, e reflete ainda as determinações da sociedade na qual está inserida, que é contraditória, conflituosa, controversa; reflexo também de lógicas do momento histórico presente, como o processo de globalização, ou período técnico-científico-informacional (Santos, 2003).
Ocupa, também, um papel de destaque na acumulação/reprodução do capital, uma vez que a circulação de pessoas gera também circulação de capital, principalmente por meio do consumo de bens e serviços. O processo de acumulação do capital como reprodução social, conforme Martins (2001, p.22):

() carrega conflitos em suas próprias entranhas, uma vez que se trata de recalcar e acomodar nas malhas do mercado, esvaziando de sentido histórico, as formas contemporâneas que não estejam em plena consonância com a expansão do capital, ou, o que é pior, trata-se de aniquilá-las, quando de algum modo venham a questioná-la. Nesse encurralamento, o Estado desempenha papel de primeira grandeza.

[...] Pode-se dizer, portanto, segundo Silveira (1997) que dois elementos da psicoesfera atuam na produção dos lugares turísticos: primeiro, a publicidade que, invadindo cada vez mais a sociedade no seu aspecto cotidiano, impõe a necessidade da fuga do mundo e da lógica do trabalho assim o tempo do não-trabalho é mercantilizado), e segundo, a aptidão paisagística dos lugares e os atrativos turísticos, ambos sendo uma construção cultural, determinada por parcela da sociedade num dado momento histórico. Neste sentido, psicoesfera é mais abrangente que a tecnoesfera amiúde, impõe uma valorização anterior à chegada da tecnoesfera no sentido de concretização de uma função turística. [...]


[...] O espaço no fim de século: uma nova raridade ed. São Paulo: Contexto p. 75-80. GOTTDIENER, Mark. A produção social do espaço urbano. São Paulo: Edusp HALL, Colin Michael. Planejamento turístico: políticas, processos e relacionamentos ed. São Paulo: Contexto HARVEY, David. Condição pós-moderna: uma pesquisa sobre as origens a mudança cultural ed. São Paulo: Loyola HIERNAUX NICOLÁS, Daniel. Elementos para un análisis sociogeográfico del turismo. In: RODRIGUES, Adyr A. B. (org). Turismo e geografia: reflexões teóricas e enfoques regionais. São Paulo: HUCITEC p. [...]


[...] A produção do espaço pode ser compreendida, portanto, como uma conseqüência das relações entre processos econômicos, políticos, sociais, que apresentam uma manifestação espacial, e também como a complexa articulação entre um sistema de objetos e um sistema de ações que se geografizam no espaço, que está em constante movimento de transformação e ligado à idéia de processo, social e histórico. A relação turismo e espaço se traduz fundamentalmente na indiscutível capacidade que tem o turismo de organizar os territórios à sua conveniência, no intuito de criar as condições para que o mesmo possa ocorrer. [...]

Estes documentos podem interessar a você

Turismo

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  18/11/2006   |  BR   |   .doc   |   28 páginas

O enoturismo e suas possibilidades aos deficientes visuais em lazer e profissão

 Administração e marketing   |  Administração   |  Estudo   |  20/08/2008   |  BR   |   .doc   |   42 páginas

Mais Vendidos assuntos sociais

Resenha do livro "A cultura do dinheiro" de Fredric Jameson

 Sociedade   |  Assuntos sociais   |  Fichamento   |  17/10/2006   |  BR   |   .doc   |   5 páginas